Calor absurdo está sendo um PERIGO REAL para nossos cães e gatos!

Amigos, fiz essa mensagem de alerta para meus clientes e depois de alguns pedidos resolvi postar no face para que mais pessoas possam ver e compartilhar O calor absurdo está sendo um PERIGO REAL para nossos cães e gatos!

Meus clientes queridos! Mando essa mensagem, como veterinária do seu pet, pra deixar um grande alerta:

O calor que está fazendo nos ultimos dias está absurdo, tanto para nós, como para seu cão/gato. Você sabia que ele pode morrer de calor? Infelizmente sempre temos muitos animais passando mal e morrendo de HIPERTERMIA no verão, e na ultima semana foram dezenas de casos em todo rj. E com muita tristeza, um dos casos foi da cadelinha Pug de uma amiga.

Hipertermia é quando a temperatura do animal fica muito alta e ele pode falecer em minutos se nada for feito. Ou seja, ele fica com MUITO calor e o corpo sozinho não consegue baixar essa temperatura. É como aqueles casos de animais e bebes que são esquecidos no carro, sabe? Só que com essa verdadeira sauna que estamos vivendo, mesmo dentro de casa, é como se estivessemos em um carro fechado embaixo do sol escaldante.

Então como manter seu animal fresquinho?

– Manter a hidratação é muitissimo importante!! Deixe sempre agua limpa e fresca, se possivel com algumas pedras de gelo. Pode dar gelo para ele lamber tambem, inclusive fazendo gelo com caldinho bem aguado de carne ou frango

– Deixar sempre um ventilador de teto e/ou de chão, direcionado para ele, MESMO QUANDO NÃO TIVER NINGUEM EM CASA!! Se ele é bagunceiro e corre risco se roer o fio, coloque fora do alcance dele, como por exemplo usando a tomada atras de um móvel, ou ventilador de teto no máximo para baixo.

– Sempre que possivel deixa-lo no ar condicionado, especialmente se for gordinho e de raças braquicefalicas, aquelas de focinho achatado, como pug, boxer, bulldogs e shih tzu

– Tosar o seu cão ou gato para que fique com o pelinho o mais baixo possível! Em primeiro lugar o bem estar e a vida dele, depois a beleza! Pêlo cresce! E convenhamos que ele fica lindo de qualquer jeito!

– Molhar uma toalha com agua quase congelada, e colocar no chão pra que ele possa deitar em cima. Ou pode colocar a toalha em cima dele por alguns minutos

– Passar gelo no corpinho, especialmente na virilha, barriga e axilas.

– Molhar/ dar banho com agua fria, sempre que possivel

– Em hipotese alguma passear entre 9 e as 20 horas. Alem do sol direto, o chão fica muito quente e pode até causar queimaduras nos coxins

– Se ele viver no quintal, lembre-se de certificar que terá sombra para ele e o potinho de água

– Se vc tem uma area externa, experimente colocar uma bacia grande com agua e colocar seu cão dentro. Tem cães que adoram uma piscina!!

Vamos deixar os pequenos saudaveis e fresquinhos!!

AHHH !! E sempre que possivel coloque um pote com agua para os animais de rua… eles tambem estão sofrendo com sede e calor!

Dra Julia Fernandes
juliafernandesvet@gmail.com

 julia

Casal se recusa a abandonar cães durante enchente no Japão.

Dramático vídeo,( Assista aqui: http://www.ibtimes.co.uk/tv/embed/15594) foi divulgado mostrando um casal Joso City e seus dois cães resgatados de um telhado de helicóptero depois de várias áreas do leste do Japão sofreram com as enchentes.

O casal e seus caninos foram apenas alguns dos muitos moradores da cidade Joso resgatados pela Força de Auto-Defesa do Japão (SDF) em 10 de setembro, depois de chuvas torrenciais aberração causada rio Kinugawa para estourar seus bancos e inundar a região.

As equipes de resgate usaram  um helicóptero para levantar a mulher e um cão, e posteriormente, o homem e o cão restante, já que estavam ilhados.

Chuva recorde levou as autoridades a emitir “avisos meteorológicos raras” para 5 milhões de pessoas em uma ampla faixa de leste do Japão, com mais de 800.000 pessoas aconselhados a evacuar.

Algumas áreas receberam mais de duas vezes o seu habitual chuva setembro mensal em apenas 48 horas na quinta-feira, após a tempestade tropical Etau cortar do outro lado da ilha principal de Honshu no dia 9 de setembro. As chuvas atingiram 600 mm (24 polegadas) em uma parte da prefeitura de Ibaraki, onde Joso está localizado.

Japão tempestade inundações étau
As pessoas esperam para ser resgatados a partir do telhado de sua casa Jiji Imprensa / AFP

NHK do Japão disse que duas pessoas estão desaparecidas nas inundações. As equipes de resgate estavam procurando uma mulher de 63 anos de idade depois de um deslizamento de terra atingiu sua casa mais cedo na quinta-feira, e um homem de 70 anos, que se acredita ser preso em sua casa, uma vez que foi varrida.

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, disse: “O governo vai trabalhar como um para priorizar a segurança das pessoas e fazer o nosso melhor para evitar qualquer novo desastre.”

Japão tem trabalhado para melhorar as suas medidas de resposta a desastres na esteira do país 2011 terremoto e tsunami que deixou 20.000 mortos. Os tremores maciços precipitou o desastre nuclear de Fukushima, cujos efeitos continuam mais do que quatro anos mais tarde.

A Agência Meteorológicos Japão alertou para mais chuvas de pelo menos 200 milímetros em partes do leste do Japão. A chuva está prevista para parar em 11 de setembro.

 

Fonte: http://www.ibtimes.co.uk/japan-floods-couple-their-dogs-rescued-rooftop-after-joso-city-submerged-under-water-video-1519189

HOTEL ABRIGA CÃES ABANDONADOS PARA HÓSPEDES ADOTÁ-LOS.

hotel-abriga-caes-abandonados-para-hospedes-adota-los-672x372

No hotel Aloft, na Carolina do Norte, cada vez mais hóspedes estão fazendo check-out com novos membros na família. É que o estabelecimento fez parceria com uma ONG local de proteção animal, a Charlie’s Angels Animal Rescue, para incentivar a adoçãode cães abandonados. Como funciona a sociedade? Simples! O hotel recepciona os hóspedes com cachorros resgatados pela ONG, que precisam de um novo lar. Após dias de convivência, muitos turistas se apaixonam pelos animais e, se quiserem, podem adotá-los e levá-los para casa. É ou não é uma boa sacada? A iniciativa surgiu há cerca de seis meses, durante uma viagem de avião. Uma voluntária da ONG sentou ao lado de um dos empregados do Aloft Hotel. Eles começaram, então, a conversar sobre as dificuldades da adoção de animais e tiveram a ideia de levar os cachorrinhos para passar uma temporada no estabelecimento, que sempre permitiu que os turistas se hospedassem com seus bichinhos de estimação. Por enquanto, a ação tem sido um sucesso! Mais de 20 cachorros já ganharam um novo lar graças à iniciativa (entre eles, Bubbles, esse simpático cãozinho que ilustra nosso post). Segundo os empregados do hotel, alguns bichos conquistam os turistas em poucas horas. Já tiveram até casos em que mais de uma família queria adotar o mesmo animal. Isso que é prestígio, né? E, para quem se preocupa com o bem-estar dos bichinhos, um aviso para tranquilizá-los: após demonstrarem a intenção de adotar os cães, os hóspedes são orientados pela gerência do hotel a entrar em contato com a Charlie’s Angels Animal Rescue e precisam passar por todo o processo de adoção da ONG – que inclui entrevista e visitas à domícilio – para provar que estão aptos a cuidar do animal. Bem legal, não? Para ficar perfeito, fica aqui nosso protesto: gatinhos que precisam de um lar também poderiam ser incluídos na iniciativa. (: Foto: Reprodução/Facebook      &          http://www.thegreenestpost.com/hotel-abriga-caes-abandonados-para-hospedes-adota-los/

Bacias de afeto refugiam vira-latas na zona Sul de Porto Alegre.

Posto abriga cachorros feridos ou doentes há cerca de 15 anos

postoportoalegre

Dono de posto abriga animais há cerca de 15 anos | Foto: Fabiano do Amaral

O posto de combustível Hípica, localizado na avenida Edgar Pires de Castro, no bairro Hípica, zona Sul de Porto Alegre, tem cinco hóspedes vivendo em bacias e sob a cobertura de alumínio. Lucas, Tigresa, Marido, Feia e Tetinha são a alegria dos funcionários e do dono do posto, João Batista Caberlon. A tristeza fica por conta do sumiço de Luiz, um vira-lata que tinha 17 anos, desaparecido há três meses. Tem uma foto dele na parede com “Procura-se” destacado. O gerente do estabelecimento, Carlos Alberto Casado de Lima Filho, 41 anos, explica que João adota cães de rua há cerca de 15 anos. Costuma pegar os animais que estão abandonados, doentes ou que foram atropelados. “Todos são levados para um veterinário, recebem tratamento, tomam banho e são esterilizados. Alguns são levados para uma ONG que fica na Ponta Grossa”, informa. Lá, estão mais de cem cachorros. Na casa de João, outros 12 animais completam a família adotada. Quando o posto fecha, os animais são levados para a área dos banheiros, onde ficam trancados e protegidos. Se algum deles quer sair, raspa a porta e o vigia noturno libera o cãozinho. “Eles são dóceis, não brigam, mas passeiam muito durante o dia e voltam para dormir”, revela o gerente Beto. Lucas é um vira-latas de 3 anos. A aproximação da reportagem o fez procurar a proteção dos funcionários. Tremendo de medo dos flashes, fugiu, reaparecendo depois de 10 minutos. Ele vive há dois anos ali. Chegou com duas doenças de carrapatos, pele e osso, quase morto. Passou uma semana no veterinário para recuperar as forças. Cada qual em sua bacia Marido também está desde 2012 vivendo no posto. Ganhou o nome porque sempre protege as fêmeas. Tem traços de Labrador misturado com outras raças. Feia fica ao seu lado, na primeira bacia, sob uma coberta. Ganhou o apelido porque não tem os dentes da frente, mas é uma vira-latas bem bonita. No corredor dos banheiros, Tigresa dorme completamente tapada. Também é uma vira-latas, mas tem o pelo com listras pretas, e daí o porquê do nome. “Ela chegou com dois fetos mortos dentro da barriga e precisou passar por uma cirurgia. Tem em torno de 3 anos e é a mais preguiçosa de todos.” A pequena e gorda Tetinha, uma mista de vira-latas com Fox, era a única que não estava acomodada em uma bacia. Ela gosta de acompanhar o vigia na ronda. Chegou toda molhada, mas nem por isso parecia triste. A ausência de Luiz é sentida por todos no posto. Ele foi o primeiro a ser adotado, depois de atropelado por um ônibus. “Ficou atirado no mato do outro lado da avenida e todos pensaram que estava morto. Quando Luiz se levantou e caminhou, o seu João foi lá e levou-o ao veterinário. Depois de anos, foi novamente atropelado, aqui dentro.” Vigilante visita animais O vigilante Marcos Guedes, 33 anos, mora perto do posto de combustível e sempre visita os cães. Ele também adotou uma dupla. Ícaro, um Labrador, fica sob os cuidados da vizinha Ivone quando está trabalhando. Chico viveu 18 anos. “Encontrei o Ícaro na estrada quando eu voltava de Belém Novo. Parei o carro e o chamei. Precisei esperar uns 10 minutos para que ele confiasse em mim.”

Fonte: http://www2.correiodopovo.com.br/Noticias/?Noticia=531470

Campanha de prevenção no carnaval é feita para cães e gatos‏.

Carnaval é época para campanhas pontuais relacionadas ao uso de preservativos para a prevenção de doenças e gravidez não planejada. Pensando nisso, a União Libertária Animal, grupo de direitos animais da zona oeste do Rio de Janeiro, criou a campanha “Castra o bichinho, castra, por amor.”, lembrando que nós humanos usamos preservativos, mas cães e gatos não. Sendo assim, a esterilização é a melhor forma de evitar doenças, superpopulação e abandono para eles.

Um dado interessante colocado na campanha é que o bloco de carnaval mais antigo do Rio, o Cordão do Bola Preta, reúne mais de 2 milhões de foliões em um dia. Parece um número bem alto, né. No entanto, em uma comparação assustadora, há um número triste e alarmante de mais de 20 milhões de cães morrendo abandonados nas ruas e abrigos só no Brasil. Não pro eutanásia, mas por omissão. Tem como não ver a necessidade do controle de natalidade e adoção para preservar vidas? Adote e esterilize.
A campanha acompanha um link informando os 12 motivos para esterilizar cães e gatos: http://bit.ly/1EDoN2P 
No Rio de Janeiro há esterilização gratuita pela SEPDA em diversos postos. A cirurgia poe ser agendada pela internet. http://www.rio.rj.gov.br/web/sepda/exibeconteudo?article-id=130799
Por Dani Miranda, ULA União Libertária Animal.
carnaval gato (1)
carnaval cao (1)

Veterinário cria asilo para cães idosos, em SP.

Um veterinário criou um asilo para cães em um sítio no interior de São Paulo. Os bichinhos são levados quando envelhecem e lá recebem o auxílio veterinário. Segundo o dono do sítio, muitas vezes os donos não conseguem suprir as necessidades dos cachorros quando envelhecem e por isso deixam no asilo.

 

Veja o vídeo da matéria na Band:                     Asilo para cães idosos em SP

 

Se o cão gosta de ficar entocado colocamos casinhas, com caminhas super fofinhas para mantê-los aquecidos. Com cúpulas de aquecimento também.

Se o cão gosta de ficar entocado colocamos casinhas, com caminhas super fofinhas para mantê-los aquecidos. Com cúpulas de aquecimento também.

 

Conheça o site do Cãopestre Park e Hotel:

 

http://www.caopestre.com.br/ASILO.html

Cães e gatos terão passaporte e identificação eletrônica.

Norma estabelece que no documento também deverão constar dados sobre a vacinação dos animais e do exame clínico realizado por médico veterinário.

 

A partir de agora, cães e gatos terão passaporte para trânsito nacional e internacional. As regras para emissão do documento estão em instrução normativa do Ministério da Agricultura publicada na edição desta sexta-feira, 22, do Diário Oficial da União.

 

O passaporte será expedido em português, inglês e espanhol e deverá conter informações como nome completo e endereço do proprietário; nome, espécie, raça, sexo, pelagem e data estimada de nascimento do animal; além de identificação eletrônica por meio de microchip instalado sob a pele do bicho.

 

A norma estabelece que no documento também deverão constar dados sobre a vacinação dos animais e do exame clínico realizado por médico veterinário responsável. A fotografia do animal não será obrigatória, ficando a critério do proprietário fornecer a foto em tamanho 5x7cm para fixação no passaporte, que será válido para trânsito no território brasileiro e em todos os países que o reconheçam como documento equivalente ao certificado sanitário de origem, para fins de reciprocidade.

 

A perda ou extravio do passaporte deverá ser registrada em boletim de ocorrência policial e informados prontamente às autoridades veterinárias oficiais brasileiras. O documento será concedido a cães e gatos nascidos há pelo menos noventa dias em território nacional ou no exterior e importados definitivamente para o Brasil.

 

O ingresso de cães e gatos oriundos de países que não emitam passaporte para trânsito desses animais, ou dos quais o Brasil não reconheça o passaporte emitido como documento equivalente ao adotado no País, somente será autorizado quando os animais vierem acompanhados de certificado veterinário internacional.

 

"Além do documento, microchip deve ser instalado sob a pele do animal"

“Além do documento, microchip deve ser instalado sob a pele do animal”

 

 

 

Fonte:  Estadão

Ativistas resgatam Beagles do Instituto Royal, em São Roque, SP.

 

Empresa é acusada de maltratar animais em testes de produtos cosméticos e farmacêuticos. Um cachorro foi encontrado morto, congelado no local


 

São Paulo – Cerca de 100 ativistas invadiram o Instituto Royal, em São Roque, a 59 quilômetros de São Paulo, por volta das 2h da madrugada desta sexta-feira. O grupo, formado por integrantes de diversas ONGs em proteção aos animais, chegou ao local, que funciona como laboratório de testes em animais, após denúncias de que experimentos químicos eram realizados em cachorros da raça beagle. Cerca de 300 cães que serviam como cobaias foram resgatados um a um. Animais de todos os tamanhos e até filhotes foram encontrados no Instituto.

Cães da raça beagle resgatados do Instituto Royal por ativistas

Foto:  Reprodução Internet

Os manifestantes acusam a empresa Royal de maltratar animais, ratos e coelhos em testes de produtos cosméticos e farmacêuticos.

A apresentadora Luisa Mell, defensora assídua dos animais, fez um apelo em sua conta no Facebook dizendo que a situação estava horrível no local. Ela alega que muitos gritos e latidos de dor eram ouvidos.

“Amigos a situação está terrível por aqui! Escutamos agora gritos e latidos de dor! Nunca ouvi gritos assim antes!! Tivemos informações que eles vao matar os animais esta noite!!! A policia esta do lado deles! Uma ativista foi levada para a delegacia!! Socorro me ajudem!” (SIC), pediu ela na rede social.

Em vídeo divulgado no Facebook por ativistas, é possível ver os animais acuados, com medo das pessoas que estavam chegando perto para resgatá-los.

Os ativistas também relataram a situação precária do prédio de três andares, que estava bastante sujo e com muitas fezes e urinas espalhadas pelo chão. No local de testes, eles encontraram cães debilitados com dificuldade de andar e com pelos cortados. A empresa também mantinha um centro cirúrgico com toda a instrumentação. Um cachorro foi encontrado morto, congelado em nitrogênio líquido.

Nenhum representante do laboratório apareceu. A Polícia Militar chegou no momento do resgate e pediu que os manifestantes deixassem prédio. Os ativistas ainda tentaram negociar a entrada novamente alegando que precisavam resgatar coelhos, ratos e outros animais que também eram submetidos aos experimentos.

Vários ativistas resgataram os cães da raça beagle um a um do Instituto Royal

Foto:  Reprodução Internet

O Instituto Royal classificou a invasão como um ato de terrorismo e afirmou que os testes realizados em animais estão dentro das normas e exigências da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. A empresa acrescentou ainda que a invasão prejudicou o trabalho que vinha sendo realizado e negou que os animais sofram maus tratos. Os PMs apreenderam os computadores da empresa e a documentação.

 

Assista o vídeo da Record:
http://videos.r7.com/manifestantes-protestam-contra-uso-de-caes-em-testes-de-industria-farmaceutica/idmedia/5032e2e292bb2caabb2fa06e.html …

 

 

 

 

 

 

Fonte: http://odia.ig.com.br

 

 

 

Denúncia: Abandono e morte de cachorros em um lixão em Santo Antônio de Pádua,estado do RJ, Brasil. Eles são capturados por Marino num gol, placa KPZ 7196 e o cidadão diz estar trabalhando para a Prefeitura. Os animais são despejados no meio de urubus no lixão, situado na estrada para Baltazar.

Lixão é transformado em “depósito de cães” em Pádua,existe

defesa dos animais na cidade?onde?

Lixão é uma forma inadequada de disposição final de resíduos sólidos, que se caracteriza pela simples descarga do lixo sobre o solo, sem medidas de proteção ao meio ambiente ou à saúde pública. O mesmo que descarga de resíduos a céu aberto.

Quero denunciar abandono e morte de cachorros em um lixão em Pádua. Eles são capturados por Marino num gol, placa KPZ 7196 e o cidadão diz estar trabalhando para a Prefeitura. Os animais são despejados no meio de urubus no lixão, situado na estrada para Baltazar.

Animal não é brinquedo, nem saco de pancadas, nem palhaço, nem escravo, nem objeto de status, nem nada indigno como as pessoas acham!

Ultimamente todos nós temos perdido tanto tempo em correr atrás de TER que acabamos esquecendo do SER.

Sim, SER , ser humilde, educado, receptivo, amigo, amável…

Esquecemos também, que não somos os únicos seres que habitam no planeta. Cada dia mais e mais animais são mortos e maltratados. E quem se importa? Poucos são os que se importam de verdade.

Eles não podem se defender. É nosso dever fazer isso por eles!

Maltratar animais é CRIME – Lei Federal.

Denuncia de anônimo

 

padua3 padua2 padua1

Fonte:http://semlimitesjornalinovador.blogspot.com.br/2012/01/lixao-e-transformado-em-deposito-de.html