Fotógrafa faz ensaio com gatinhos cegos para ajudá-los a serem adotados.

 

Casey E UMA Fotógrafa de gatos de Los Angeles e EUA SUAS fotos – Que São Incríveis – Para Ajudar OS bichanos a Serem adotados.

Uma Fotógrafa E um Profissional oficial de Vários abrigos e grupos de Resgate de animais, incluíndo o Santuário de Milo , Que É UM Abrigo parágrafo gatinhos Portadores de Necessidades Especiais.

Casey percebeu hum aumento não Número de gatos Adultos e filhotes CEGOS Nos abrigos e grupos em Que presta Serviço Voluntário.

Uma Fotógrafa, EntreTanto, recebeu ISSO Como hum Sinal e decidiu Fazer hum Ensaio especial com Estes bichinhos.

gatinhos CEGOS

Ela, ENTÃO, Entrou em Contato com a fundadora do Santuário de Milo , Onde conheceu  Regis , um gatinho cego, em abril Deste ano. Para SUA felicidade, tanto um Quanto fundadora Regis toparam a ideia do Ensaio na hora.

    COMENTÁRIOS Casey E UMA Fotógrafa de gatos de Los Angeles e EUA SUAS fotos - Que São Incríveis - Para Ajudar OS bichanos a Serem adotados.  Uma Fotógrafa E um Profissional oficial de Vários abrigos e grupos de Resgate de animais, incluíndo o Santuário de Milo, Que É UM Abrigo parágrafo gatinhos Portadores de Necessidades Especiais.  Casey percebeu hum aumento não Número de gatos Adultos e filhotes CEGOS Nos abrigos e grupos em Que presta Serviço Voluntário.  Uma Fotógrafa, EntreTanto, recebeu ISSO Como hum Sinal e decidiu Fazer hum Ensaio especial com Estes bichinhos.  Gatinhos CEGOS Ela, ENTÃO, Entrou em Contato com a fundadora do Santuário de Milo, Onde conheceu Regis, um gatinho cego, em abril Deste ano.  Para SUA felicidade, tanto um Quanto fundadora Regis toparam a ideia do Ensaio na hora.  Cobre (Cobre) foi resgatado AINDA filhote, Andando por ai cego, com fome e com medo Muito cobre foi resgatado AINDA filhote, Andando por ai cego, com fome e com Muito medo.

    COMENTÁRIOS Casey E UMA Fotógrafa de gatos de Los Angeles e EUA SUAS fotos - Que São Incríveis - Para Ajudar OS bichanos a Serem adotados.  Uma Fotógrafa E um Profissional oficial de Vários abrigos e grupos de Resgate de animais, incluíndo o Santuário de Milo, Que É UM Abrigo parágrafo gatinhos Portadores de Necessidades Especiais.  Casey percebeu hum aumento não Número de gatos Adultos e filhotes CEGOS Nos abrigos e grupos em Que presta Serviço Voluntário.  Uma Fotógrafa, EntreTanto, recebeu ISSO Como hum Sinal e decidiu Fazer hum Ensaio especial com Estes bichinhos.  Gatinhos CEGOS Ela, ENTÃO, Entrou em Contato com a fundadora do Santuário de Milo, Onde conheceu Regis, um gatinho cego, em abril Deste ano.  Para SUA felicidade, tanto um Quanto fundadora Regis toparam a ideia do Ensaio na hora.  Cobre (Cobre) foi resgatado AINDA filhote, Andando por ai cego, com fome e com medo Muito cobre foi resgatado AINDA filhote, Andando por ai cego, com fome e com Muito medo.  AJUDANDO O SANTUÁRIO Pixie Pawspouncer foi Jogada Pssaro cega e prenhe.  Milo da salvou a ELA e SEUS filhotes.  Pixie Pawspouncer foi Jogada Pssaro cega e prenhe.  Milo da salvou a ELA e SEUS filhotes.

Pixie Pawspouncer foi Jogada Pssaro cega e prenhe. Milo da salvou a ELA e SEUS filhotes.

O Abrigo E UMA ONG Fundada com base de na Crença de Que Todos Os gatos merecem Uma Segunda oportunidade na vida, principalmente aqueles com incapacidades Físicas, Como OS gatos Idosos, OS Que São Portadores de Doenças Terminais, or sofreram abuso e precisam de hum lar amoroso e donos Que OS compreendam e OS ame.

TODOS OS gatos não de Milo recebem Cuidados Médicos É Tudo Que precisam parágrafo Terem uma Melhor Qualidade de vida Possível.

A ONG Depende Exclusivamente de Doações parágrafo Continuar SUA Missão de Ajudar gatos Adultos e filhotes Portadores de Necessidades Especiais Que, de Outra Maneira, abandonados acabariam.

MESMO Doações de 1 Dólar fazem a Diferença Para uma Instituição e TODO centavo doado vai diretamente Pará Cuidar dos bichinhos. A ONG E mantida Exclusivamente Pela Boa Vontade de Voluntários e ninguem recebe QUALQUÉR tipo de Remuneração.

O Instagram de Casey ESTÁ Cheio de coisinhas fofas como estas.

VEJA TODAS AS FOTOS DOS gatinhos CEGOS E LINDOS AQUI: https://awebic.com/animais/fotos-gatos-cegos-adocao/

Fonte: boredpanda.com .

ONG Adote UM GATINHO

Aqui no Brasil TAMBÉM É Fácil Encontrar Entidades serias com Voluntários Que Realmente Amam OS bichinhos. A ONG Adote hum gatinho E delas UMA.

ELES TAMBÉM TEM gatinhos Portadores de Necessidades Especiais e, Quem Puder NÃO adotar, PODE contribuir apadrinhando hum dos bichanos.

Clique Aqui e conheça a Organização.

Gostou História Dessa? AJUDE-SOE um Encontrar hum lar parágrafo cessos e Outros gatinhos: compartilhe!

Anúncios

Gatos também gostam de música: cientistas inventam canções específicas para felinos.

Pesquisadores demonstraram que uma boa melodia pode ter o mesmo efeito calmante para gatos que nós experimentamos quando ouvimos uma música harmoniosa. No entanto, o gosto dos felinos certamente não é o mesmo que o nosso.

Para descobrir se gatos respondiam à música, cientistas da Universidade de Wisconsin e da Universidade de Maryland, ambas nos EUA, compuseram canções específicas para os bichanos.

“Estudamos as vocalizações naturais de gatos e combinamos a música para a mesma faixa de frequência, cerca de uma oitava ou mais superior que a faixa de vozes humanas”, explica o principal autor do estudo, Charles Snowdon.

Como a música humana muitas vezes imita o ritmo do nosso batimento cardíaco, a equipe replicou o ritmo de coisas que os gatos poderiam achar interessante em suas composições – por exemplo, uma canção contou com um ritmo de ronronar, e outra apresentou um ritmo de sucção.

A trilha sonora do vídeo abaixo é uma das canções criadas pelos pesquisadores, chamada “Spook’s Ditty”. Você pode ouvir mais criações no site da equipe de pesquisa, “Music for Cats”.

A reação dos gatos

Os pesquisadores reproduziram as canções a 47 gatos domésticos, e observaram como os felinos reagiram quando as ouviram, em comparação com quando escutaram duas músicas clássicas humanas– “Air”, de Johann Sebastian Bach, e “Elegie”, de Gabriel Fauré.

Os gatos simplesmente não responderam à música humana. Mas quando a música feita especialmente para eles começou a tocar, os animais ficaram alertas e se aproximaram dos alto-falantes, muitas vezes esfregando suas glândulas de cheiro sobre eles, o que significa que estavam tentando reivindicar o objeto para si.

Segundo os cientistas, usando versões de canções harmoniosas, a pesquisa pode oferecer novas formas de manter gatos calmos em abrigos animais e veterinários, por exemplo.

E, além do lado terapêutico, o estudo também fornece uma visão fascinante sobre melodias voltadas a diferentes espécies animais.

Um dos coautores, David Teie, já havia mostrado que macacos também respondem de forma diferente à música composta especialmente para eles. A equipe agora espera que seu estudo forneça estrutura para compor melodias para mais espécies animais. [ScienceAlert]

musica-para-gatos-838x662
Fonte: http://hypescience.com/

Aquário do Rio de Janeiro capturou animais do habitat natural.

O novo Aquário Marinho do Rio de Janeiro – AquaRio – retirou animais do próprio habitat.

Em vias de ser definitivamente inaugurado, e considerado o maior aquário da América do Sul, o AquaRio tirou animais de seu habitat natural para prendê-los em tanques de vidro.

Uma reportagem veiculada em 03 de março deste ano no Bom Dia Rio, da Rede Globo, revelou o trabalho que os biólogos e os representantes do aquário fizeram com os animais.

Nuno Rodrigues, um dos biólogos responsáveis pelo aquário, orientou pescadores amadores à retirada dos animais no entorno das Ilhas Cagarras. Na reportagem, ele alegou adotar “todas as práticas possíveis […] para que o estresse nos animais seja mínimo e o bem estar seja o máximo possível”.

De acordo com o presidente do AquaRio, Marcelo Szpilman, a retirada dos animais de seu habitat é justificável pelo suposto aspecto “educacional” de um aquário, aumentando assim o “interesse” de crianças, jovens e adultos pela “ciência”.

No Brasil, a Lei N° 5.197, de 3 de janeiro de 1967 considera crime o ato de retirar animais de seu habitat, por colocar em risco o equilíbrio ecológico, mas a prática pode ser feita com autorização do Estado. Segundo Marcelo Szpilman, o aquário tinha “uma lista de espécies autorizadas para manejo”.

Porém, até onde se sabe, não há nenhum estudo do impacto ecológico que a captura destes animais provocou ou irá provocar nesse caso. Mas estudos já revelaram que peixes ficam estressados e perdem peso longe do cardume, além disso uma série de pesquisas comprovam que peixes são criaturas sencientes, inteligentes e sensíveis, assim, eles têm o interesse e o direito de viver com suas famílias em seu habitat natural.

Não visite o AquaRio. Não financie a prisão de seres inocentes.

 

Peixes das Ilhas Cagarras foram capturados para serem presos em tanques de vidro no AquaRio. (Imagem: Reprodução)

Peixes das Ilhas Cagarras foram capturados para serem presos em tanques de vidro no AquaRio. (Imagem: Reprodução)

 

 

 

 

Prática coloca em risco equilíbrio ecológico e estressa animais. (Imagem: Reprodução)

Prática coloca em risco equilíbrio ecológico e estressa animais. (Imagem: Reprodução)

 

Fonte: https://oholocaustoanimal.wordpress.com/2016/10/01/aquario-do-rio-de-janeiro-capturou-animais-do-habitat-natural/

Aromaterapia – Uso seguro para gatos,( por Vera Guedes Aromaterapia).

Aromaterapia – Uso seguro de para gatos 
Os Óleos Essenciais afetam OS gatos de forma diferente dos cachorros.
Por Mais Que benefico OS Óleos Essenciais possam Ser parágrafo OS Seres Humanos, Cães e cavalos, etc., MUITOS Óleos Essenciais PODEM Ser devastador parágrafo gatos. Isto É Por uma Questão de fisiologia, a Constituição física dos gatos E diferente e Precisa Ser tratada com cautela MUITO MAIS.
  • A química dos Óleos Essenciais 

Óleos Essenciais OS (OE) São Compostos de Hidrocarbonetos e terpenóides. Cães Em, cavalos e Seres Humanos, Os terpenóides São transportados PARA O Fígado Para Ser metabolizado DEPOIS de Terem SIDO absorvidos via oral, Pelé OU inalados parágrafo OS pulmões. Apos ocorrer O Processo metabólico Necessário não Fígado, metabólitos OS restantes, solúveis em Água, Eliminados São Paulo (90%) atraves da urina.

Mas, com OS gatos Isto É ocorre, Eles Não Tem uma enzima hepática (UGTs transferase glucuroniltransferases) Que lhes permitiria quebrar cessos Compostos químicos. Por ISSO, lev Muito Mais ritmo Pará Eliminados OS metabólitos Serém do Sistema dos felinos. Em suma, nos gatos essas substancias inofensivas, PODEM acumular-se no Fígado do animal, e, em Alguns Casos, rápidamente Muito, dependendo da Quantidade de OE um rápido Qual o animais foi Exposto. ISTO PODE causar Problemas de Toxicidade e Danos no Fígado. Geralmente este PODE Ser hum Processo lento e NÃO aparecer, comeu Que seja tarde demais.

 

Os gatos São estremamante sensíveis, NÃO SOMENTE uma química dos OE, mas also a Produtos Químicos Como inseticidas, herbicidas, plantas, medicação e Alimentos. 
Algumas plantas de Casa São Altamente prejudiciais parágrafo OS gatos, Como os tais:
  • Comigo- NINGUEM-PODE –  Seguine Dieffenbachia
  • Copo-de- leite   –  Zantedeschia aethiopica
  • Lirio-Da-Páscoa –  longiflorum Lilium
  • Filodendro –  Philodendron Bipinnatifidum
Os gatos TEM Uma dieta Exclusivamente carnívoros e, Como resultado da falta de Exposição a toxinas uma base de plantas, presumivelmente Perdeu a necessidade de metabolizar essas toxinas atraves de hum Processo Conhecido como glucuronidação , Que É Comum na maioria dos herbívoros e onívoros. Notoriamente, como Enzimas (UGT) que produzem este Processo nÃO estao PRESENTES nenhuma Gênero Felis, Isto expõe OS felinos a uma serie de toxidade Incomum Nos gatos. TAMBEM E UMA Importante enzima de desintoxicação fazer FENOL. 

 

Intoxicação  POR paracetamol gatos EM 
O paracetamol E metabolizado no Fígado, soluçar a Ajuda de varias Enzimas. Sem metabólico Sistema do gato, há Uma Deficiência n’uma destas Enzimas, Que Leva à Formação de metabólitos Tóxicos. Consequentemente, Estes metabólitos VAO Conduzir à Destruição das Células Vermelhas sanguíneas, Essenciais para a Vida. O Fígado E TAMBÉM afetado Pela Produção destes metabolitos.Uma das funcoes Essenciais das Células Vermelhas E o transporte de oxigénio AOS Órgãos. QUANDO o animais NÃO E socorrido prontamente, a privação de oxigénio prolongada PODE Conduzir à Falência Orgânica, Sendo OS orgãos Mais afetados o Fígado EO aro.
Alimentos Que gotos nao devem ingerir 

Cebolas e alhos: Alimentos Extremamente potentes when em contacto com o Organismo de hum gato, como Cebolas e alhos OS danificam de tal forma, como Células Vermelhas Que provocam anemia. OS principais síntomas incluem: vómitos, urina vermelha e Fraqueza.

Chocolate: Extremamente tóxico se ingerido Por Um gato, o Estimula chocolate, de forma negativa, o Coração EO Sistema nervoso O Que, POR SUA vez, traduz-se em síntomas Como temperatura Elevada corporal, batimento cardíaco irregular OU acelerado, sede anormal, tremores , vómitos, Agitação e convulsões. A substancia Responsável POR ESSE tornar alimento hum Verdadeiro vilão E a teobromina, substancia tóxica Presente nenhum chocolate Que É fácilmente metabolizada cabelo Organismo humano, Não oferecendo Riscos A Nossa Saúde. No entanto, o Organismo do Gato NÃO consegue Eliminar Esse Componente de forma Rápida e, POR ISSO, PODE Acabar intoxicado.

Os OE PODEM SER gatos OS Tóxicos Pará 
Infelizmente gatos e Óleos Essenciais Não São Uma Boa Mistura.
Como PESSOAS estao utilizando OE MAIS fazer that never, eua-se atualmente substancias aromáticas parágrafo Tudo, e, ASSIM SENDO, ELAS sentem-se tentadas a compartilhar SUAS Experiências -positivas COM ELAS – com SEUS animais de estimação, mas ê Importante saber Que OS gatos TEM Estrutura fisiológica diferente de Outros animais e, Como tal, Não São bons candidatos parágrafo MUITAS terapias de cura Alternativas, principalmente when praticada POR aqueles Que Não Tem Conhecimento apropriado Sobre a Diferença Entre gatos e Seres Humanos, e Como enguias reagem a estas terapias, especialmente a AROMATERAPIA.
O fígados dos gatos nao tem a CAPACIDADE de metabolizar adequadamente e desintoxicar varias substancias Químicas, ISSO PODE provocar a Produção de Elevados níveis de substancias Químicas geradas POR determinados Compostos químicos contidos Nos OE com ISTO causando serios Danos não Fígado OU MESMO Até a morte.Os Óleos Essenciais PODEM Ser Tóxicos parágrafo gatos, were relatados Casos de Doenças causadas sepulturas POR Produtos de Tratamento Para gatos, Tais Como xampus uma base de óleo essencial de árvore do chá – Melaleuca alternifolia  

“overdose” de óleo essencial de árvore do chá PODE Ser letal parágrafo hum gato. Foi Aplicado na Pele de Três gatos 60 ml Deste OE NÃO diluido, Como hum Tratamento parágrafo severas picadas de pulgas (os gatos tinham SIDO previamente tosados parcialmente) Para Evitar infestação. No dia MESMO, Algum ritmo Apos um application hum dos gatos estava hipotérmico, descoordenado e incapaz de se Levantar; Outro Entrou em coma, com graves hipotermia e desidratação, EO Terceiro se encontrava tremendo e Instável. Apos Tratamento intensivo Dois dos gatos se recuperam, mas hum Deles NÃO resistiu e hum Morreu ” Bischoff e Guale 1998 .


Portanto, E prudente Ser cauteloso com o Uso de OE Nos gatos, Uma Vez Que se sabe Que SUA fisiologia Única dificulta a metabolização dos Compostos químicos dos OE via Função hepática when inalado UO via Pelé. DEVE Evitar terminantemente o USO dos OE ricos em fenóis e monoterpenos em gatos.

Os principais OE Que apresentam alto nivel de toxidade parágrafo OSU em gatos São:

  • De Todos os cítricos extraídos de casca (laranjas, limão, mandarim, toranja, bergamota)
  • Pine – Pinus sylvestris 
  • Abeto branco – Abies alba
  • Abeto preto – Picea mariana 
  • Juniper berry  – Juniperus communis 
  • Canela – Canela zeylanicum
  • Cravo – Syzygium aromaticum
  • Tomilho – Thymus vulgaris ct Thymol
  • Tee árvore – Melaleuca alternifolia 

 

Se Você deseja TRATAR Seu gato com substancias aromáticas, ESCOLHA OS Hidrolatos (Não Água Aromática), Que São seguro parágrafo USO Nos felinos, Quando Necessário.

  • Lavanda – Lavandula angustifolia
  • Rosa – Rosa x damascena 
  • Neroli – Citrus aurantium – var amara
  • Gerânio – Pelargoninum graveolens 

LEMBRE-SE, FAÇA USO APENAS em Caso de necessidade, pois, o SENTIDO olfativo do Gato E Altamente apurado, e, as vezes ELE PODE Sentir Que Seu Espaço foi Uma invadido POR Substancia a qua, ELE NÃO PODE se livrar dela, e, ISTO PODE LHE causar desconforto e mal Estar, pense o Quanto rápido Você se sentiria desconfortável Ao perceber Que Seu habitat foi invadido Por Um aroma, sem o Seu Conhecimento e Consentimento. Entao, com Seu gato, PODE Ser ASSIM, Portanto, Não exagere!

O Que São Hidrolatos? 
Hidrolatos  – hidro = agua final = leite = Agua Leitosa de plantas 
This Agua Pura e Chamada naturais hidrolato E Produzida Durante o Processo de destilação, when como plantas UO Flores Sao colocadas Dentro do Recipiente destilador, ELAS São submetidas Ao AQUECIMENTO SEJA cabelo Método de fervura OU um vapor UO Ambos. Este vapor atinge uma materia prima, não Caso a planta, amacia SUAS Glandulas aromáticas – reservatórios repletos de Moléculas aromáticas, e Promove a liberação do óleo essencial.
Vapor O Ao atravessar a serpentina de condensação SOFRE UM Processo de resfriamento ocorrendo Neste momento a alquimia da Transformação em SUA forma, a qua passa parágrafo a forma liquida, ESTA Água, Estágio Neste, apresenta-se repleta de Moléculas aromáticas, como Quais, Pela Diferença de Gravidade IRA separar-se da Água, este Processo deixará Duas Camadas Diferentes de liquido sem receptor, uma Camada Superior de óleo essencial, Que flutua livremente na superficie da Água, ágora Chamada de Hidrolato.
Éles CONTÉM APENAS OS Produtos químico Que São solúveis em Água a Partir de material vegetal, não entanto Contem microscópicas gotas de Óleos Essenciais. ELES PODEM Ser utilizados NÃO diluídos sem Problemas, mas São also eficazes when diluídos na Água, nenhum Chá UO sem suco. São geralmente calmante e Relaxante raramente São indicados Contra. Estas substancias aquosa Chamada hidrolatos PODEM Ser Usados com Segurança em Crianças, gestantes, Idosos e animais. Mantidos si em lugar fresco e escuro OS hidrolatos PODEM durar Até Dois ano.
Os hidrolatos  NÃO  PODEM Ser produzidos sinteticamente em Laboratórios, Ou de Outra forma QUALQUÉR, that NÃO SEJA cabelo Processo Natural de destilação das plantas, parágrafo a Extração dos Óleos Essenciais. 

fotografia

Óleo essencial e Hidrolato
ATENÇÃO – Não São considerados verdadeiros hidrolatos OS Produtos denominados “agua Aromática” como Produtos encontrados nenhum brasileiro Mercado – estas substancias São de Fato OE misturados EM Água e Vendidos Como hidrolatos, este PRODUTO PODE Ser danoso parágrafo a Saúde do Seu gato. 
NÃO aplique OE em Seu animais de estimação sem os antes se certificar de that São seguros parágrafo uso. Adquirir se informar com Profissionais qualificados, pois, Nem Tudo Que É natural, e seguro parágrafo OSU em Humanos e seguro parágrafo USO Nos animais, especialmente em gatos. 
f74c3-bengal-cat2

ANIMAIS COM SÍNDROME DE DOWN E OUTRAS TRISSOMIAS

A maioria das trissomias resultam num número variável de deficiências à nascença (geralmente presentes na maioria dos animais humanos e não-humanos com cromossomas extras). Muitas trissomias resultam em mortes precoces. Uma trissomia diz-se parcial quando parte de um cromossoma extra (e não todo) e é acoplado a um dos outros cromossomas. Uma trissomia em mosaico é uma condição em que nem todas as células contêm a informação genética do cromossoma extra.

Embora a trissomia possa ocorrer com qualquer cromossoma, os tipos mais comuns são:

Trissomia 21 (Síndrome de Down)

Trissomia 18 (Síndrome de Edward)

Trissomia 13 (Síndrome de Patau)

Trissomia 8 (Síndrome de Warkany)

Nos animais não humanos, a incidência dessa rara alteração genética, é também chamada de trissomia.

síndrome de Down, tanto em animais humanos quanto não humanos, não tem cura. Os tratamentos médicos servem para prevenir e amenizar os sintomas causados por ela e possibilitar que os pacientes possam levar uma vida normal.

A Síndrome de Down está associada a algumas dificuldades de habilidade cognitiva e desenvolvimento físico, e um determinado conjunto de características físicas causadas por uma anormalidade da condição genética. A síndrome de Down não ocorre somente nos seres humanos, ela pode e já ocorreu em outros mamíferos.

Embora todos os animais possam ter anormalidades genéticas que afetem a sua aparência e seu comportamento, a síndrome de Down era amplamente considerada como uma específica condição humana, uma vez que é causada pela trissomia do cromossoma 21, que só se encontra nos seres humanos.

“Primatas com um cromossomo extra equivalente ao cromossomo 21, que causa a síndrome de Down nos humanos, já foram identificados”, afirma o pesquisador Charles J. Epstein, da Universidade da Califórnia, em São Francisco.

O primeiro caso documentado em um Orangotango é o de Jimmy. Resgatado aos 3 anos de idade pela equipe do Centro de Conservação de Recursos Naturais (BKSDA) e a equipe do Centro de Proteção de orangotango (COP) em Jacarta.
Sua cabeça é menor do que a média com um rosto achatado e largo, e com uma ponte nasal plana, uma única prega palmar, e a língua para fora (macroglossia ). Ele também tem os olhos em forma amendoada causada por uma dobra epicântica da pálpebra, afirmam os especialistas.

O orangotango atualmente recebe cuidados intensivos no Ape Crusader do COP.

Otto foi provavelmente o primeiro gato diagnosticado com síndrome de Down na Turquia”; disseram os veterinários que cuidaram dele.

O gatinho de poucos meses de idade, e que atraiu o interesse público na Turquia, após o veterinário ter diagnosticado que ele tinha síndrome de Down. “Uma condição muito rara para gatos, disse o veterinário Özçetin.

O gatinho que vivia nas ruas, foi chamado de Otto, e levado ao hospital veterinário Hürriyet.

A inesperada morte foi causada por uma insuficiência cardíaca, descrita como “um dos efeitos da síndrome de Down.” “Sua condição era boa na parte da manhã. Ele estava comendo regularmente, urinando e defecando, como de costume.Não havia nenhum sinal de doença ou qualquer coisa que nos fez suspeitar. Mas sua condição de repente piorou e ele teve espasmos na parte da tarde. Precisamos urgentemente transferi-lo para a UTI, mas não conseguimos salvá-lo. Lamentamos muito “, disse Özçetin.

Kenny o tigre-de-bengala branco, se tornou mais conhecido por ter Síndrome de Down .

O cruzamento consanguíneo de seus pais presos em cativeiro, e que eram irmãos ocasionou o problema genético.

A endogamia (cruzamento de animais da mesma família) é uma prática comum, em criadores e zoológicos pelo mundo. Tigres brancos são raros e valem muitos milhões na exploração de animais.

Mas apesar de sua fama, suas deformidades o impediam de dar lucratividade. Com retardo mental e limitação de movimentos, o tigre precisava de supervisão e cuidados extras. Aos dois anos de idade seu ‘criador’ se livrou dele, enviando-o a um Santuário de animais. Kenny era um doce, super amigável com os visitantes do lugar.,

Pouco tempo depois Willie seu irmão, que sofria com um forte estrabismo, também devido a endogamia, foi enviado para morar com Kenny no santuário. Alguns anos, quando não podiam mais gerar filhotes, e deixaram de ser lucrativos para o criador, os pais de Kenny e Willie, também foram enviados para o santuário.

Kenny Faleceu em 2008 aos 10 anos de idade, por conta de um câncer.

O primeiro caso documentado de Síndrome de Down em animais não humanos, foi o da chimpanzé Jama, nascida em 1968, em um laboratório de pesquisa nos Estados Unidos.

O cromossomo extra de Jama provocou baixo tônus muscular, desenvolvimento neurológico atrasado e doenças do coração congênitas – manifestações comuns em humanos com Down. Os chimpanzés têm 24 pares de cromossomos, contra 23 dos humanos.

Wenka, a mãe de Jama deu à luz seis vezes entre 1966 e 1977. Em 6 de julho de 1968, quando Wenka tinha 15 anos, ela deu à luz a Jama, que foi o primeiro chimpanzé conhecido por ter nascido com síndrome de Down.

O boletim de notícias do Yerkes em 1969, relatou; Wenka e Franz serão incentivados a acasalar novamente na tentativa de produzir outra descendência mongoloide. Uma tentativa será a de forçar a procriação de Jama entre seus familiares, para à criação de uma dinastia de chimpanzés mongoloides para a investigação científica.

Mas a chimpanzé Jama nunca procriou. Ela morreu aos 17 meses de idade durante uma operação para tentar corrigir um problema cardíaco.

Wenka e Franz tiveram ainda mais filhotes juntos; Ford um chimpanzé macho, nascido em 10 de agosto de 1974, e Pamela, nascida em 19 de fevereiro de 1977. Nenhum deles tinha Síndrome de Down.

Um Ex-trabalhador de Yerkes ( Centro de Pesquisa de Primatas Yerkes National) escreveu:

Wenka nasceu em um laboratório em 1954. Uma década muito longe, onde todos vivemos em um mundo muito diferente agora. Mas não Wenka. Há mais de cinco décadas, ela ainda está aprisionada no laboratório de Yerkes, e ainda é usada e abusada para a pesquisa que inclui álcool, contraceptivo oral, envelhecimento, e estudos cognitivos.

A Árvore genealógica de Wenka

Os pais de Wenka eram Web e Banka. Web nasceu no laboratório de Orange Park em 16 de janeiro de 1943, a Wendy e Bokar (avós paternos de Wenka). Wendy, sua avó, foi um dos primeiros de quatro chimpanzés comprados por Robert Yerkes de um comerciante de animais na África. Ela morreu de um derrame em 1971. Bokar veio da África em 1930, pai de 40 filhos, que morreu durante um experimento em 1960.

Banka nasceu no laboratório de Orange Park em 28 de Janeiro de 1941, e morreu quando ela foi erroneamente envenenada em 25 de setembro de 1956. Os pais de Banka (avós maternos de Wenka) foram Bimba e Frank. Bimba veio da África, em 1930, e morreu de disenteria, em 13 de dezembro de 1944. Frank foi comprado de um laboratório na Universidade Johns Hopkins, em 1933. Ele foi usado em um experimento de vício da morfina e faleceu no dia 22 de novembro de 1946.

– Wenka foi a razão pela qual eu fiquei no Yerkes por mais anos do que eu deveria ter. Eu a amo como ninguém…

No entanto, em raras ocasiões, Wenka se conecta e demostra alguma centelha de vida em seus olhos, bem como em seu espírito, um espírito que tem o direito de se expressar e se aposentar em um santuário.

Depois de mais de cinco décadas e com poucos anos restantes de vida, Wenka merece passar o resto de seus dias no relativo conforto relativo de santuário. O Projeto R & R está trabalhando para garantir a libertação de Wenka, juntamente com a libertação dos outros chimpanzés mais velhos, e que ainda são mantidos em laboratórios de todo os EUA. Fizemos uma promessa a Wenka e todos os outros, uma promessa que pretendemos manter.

 

Kenny  tigre branco portador de Síndrome de Down

Kenny tigre branco portador de Síndrome de Down

Monty gatinho com Down

Monty gatinho com Down

 

Otto mais um  gatinho com Down

Otto mais um gatinho com Down

 

Fonte: http://www.diagno.vet.br/    /     Mural Animal

Lóris lentos são colocados à venda no Facebook, na Indonésia.

Procurado como pet, o único primata venenoso do mundo corre risco de extinção

A polícia da Indonésia recolheu 34 lóris lentos que estavam destinados à venda, como animais de estimação, no Facebook. Os policiais encontraram as espécies criticamente ameaçadas amontoadas em gaiolas, na província Java Ocidental. O único primata venenoso do mundo se tornou popular nos últimos anos graças à proliferação de vídeos no YouTube que os retratam como fofos e pelúcias. Mas o aumento da demanda por lóris lentos como pets está colocando a espécie à beira da extinção.

Caçadores os vendem para comerciantes por $ 3,66, enquanto traficantes podem obter algo em torno de $ 37,90 por cada bichinho, segundo Diki Budiman, diretor-assistente da unidade de polícia responsável pelo caso de Java Ocidental.

O cativeiro por si só é traumático para cada lóris. O fato de estar em uma sala bem iluminada é incômodo para a criatura noturna. Traficantes do animal vão mais longe, cortante seus dentes com alicate, cortadores de fio ou clipers para ser mais fácil e seguro aprisioná-los. O procedimento, além de doloroso, pode ser fatal. Mais da metade morre durante o transporte.

“É um pouco difícil dizer quantos morrem exatamente, mas estimamos que seja em torno de 80%”, contou à BBC News Christine Rattel, do Resgate Internacional de Animais, agora responsável pelos Lóris resgatados. “Eles podem morrer até por estresse”, acrescentou.

De acordo com as leis na Indonésia, caçar, capturar ou manter lóris como pets é estritamente proibido. Mas a realidade é que eles são vendidos abertamente nos mercados do país, e agora o Facebook tornou os negócios mais fáceis para os comerciantes para estabelecer negócios.

Nesta ocasião, a polícia indonésia conseguiu prender cinco pessoas — dois supostos caçadores e três comerciantes — antes dos lóris seguirem para a venda. Por causa de suas ações rápidas, os animais escaparam, relativamente, ilesos; apenas um teve seus dentes cortados. A organização internacional descobriu, posteriormente, que seis deles estavam grávidos.

Mais preocupante, pelo menos cinco tinham ferimentos de bala de rifle de ar, pelos quais uma das fêmeas grávidas acabou perdendo a visão de um olho.

“O lado bom, neste caso, é que eles haviam sido caçados pouco antes. Eles não passaram muito tempo em cativeiro, e nós provavelmente seremos capazes de libertá-los muito em breve. Só precisamos encontrar um lugar ideal para deixá-los na selva”, disse Rattel.

Lóris - Divulgação/ Resgate internacional de Animais

Lóris – Divulgação/ Resgate internacional de Animais

 

Fonte: O Globo.

 

""

Menino autista que não pode ser tocado abraça cachorro.

‘Eu chorei por uma razão diferente. É uma sensação indescritível’, disse a mãe

— “Está vendo esse momento? Eu nunca experienciei algo assim”. Foi dessa maneira que Shanna Niehaus descreveu o momento em que viu pela primeira vez seu filho Kainoa abraçado com um cachorro. Portador de distúrbio do espectro autista, o menino de 5 anos se sente desconfortável quando é tocado. Ele recusa até mesmo o carinho dos seus pais.

Surpreendentemente, ele não apresenta essa aversão quando se trata de um cachorro. “Essa fotografia captura a face de uma mãe que viu seu filho, que ela não pode abraçar, dar banho, vestir ou tocar livremente, se deitar por vontade própria no seu novo cachorro, com uma ligação tácita, proposital”, escreveu Shanna no Facebook, descrevendo a emoção do momento.

Shanna se emociona com o filho, Kainoa, deitado sobre Tornado – REPRODUÇÃO/FACEBOOK

Para isso, a família que vive no Japão viajou para Ohio, nos EUA, para tentar uma forma de terapia oferecida pela ONG 4 Paws for Ability, que adestra cães de serviço para se relacionarem com crianças com distúrbios e veteranos de guerra. E o esforço valeu a pena. O cão, batizado como Tornado, imediatamente demonstrou uma conexão com Kainoa.

Shanna explica que, como mãe, vivenciou incontáveis momentos desafiadores e dolorosos por causa da situação do filho. Por causa do autismo, Kainoa tem extrema dificuldade em se relacionar com coleguinhas, “não importando o quanto ele se esforce e trabalhe duro em sua terapia”.

“Essa é a face de uma mãe que viu seu filho experimentar incontáveis interações sociais falharem no parquinho numa tentativa de ter um amigo. Qualquer amigo. Qualquer tipo de conexão”, escreveu Shanna. “Ela se sentou ao lado do filho enquanto ele chorava a noite por meses porque não tinha conexões fora da família. E agora ela está sentada atrás do seu filho, olhando silenciosamente este momento, sem ar nos pulmões e sem palavras para dizer.

“Valeu toda a luta por serviços para o meu filho, todos os diagnósticos, novos fornecedores, cada dólar investido, cada papel preenchido, cada reunião escolar, cada lágrima, cada passo a frente, cada passo para trás e cada maravilha para o futuro desconhecido. Por causa disso, por causa do Tornado. Eu sei que tudo ficará bem”, disse Shanna. “Ontem eu chorei por uma razão diferente. É uma sensação indescritível”.

tornado

Fontes: O Globo, Youtube e Facebook.

Gatinho sobrevivente do furacão Matthew é resgatado e ganha roupinha.

Um filhote de gato que sobreviveu ao furacão Matthew em Raleigh, na Carolina do Norte, nos Estados Unidos, tem roubado a cena na internet com sua roupinha fofa feita de uma meia. Segundo o “Telegraph”, o animal foi levado para o Banfield Pet Hospital até ser adotado por uma família que se encantou por ele.

No Twitter as fotos do gato fizeram muito sucesso, recebendo mais de 116 mil likes e alcançando mais de 65 mil compartilhamentos. “Esse é um sinal de que tudo ficará bem” e “Esse gatinho é o que o mundo precisa” foram alguns dos milhares de comentários feitos pelos usuários.

Depois da tempestade, muitos animais acabaram se perdendo dos donos. O gatinho de roupinha foi adotado por uma família com dois filhos.

gatinho-furacao-01

 

 

gatinho-furacao-02

 

 

gatinho-furacao-03

 

Fonte: Jornal Extra

Morte de primatas intriga veterinários e moradores do Jardim Botânico e outras regiões do Rio de Janeiro.

RIO – QUANDO um artista Isadora medella caminhava parágrafo O Trabalho na jornal Última Segunda, Viu Uma cena Que Diz AINDA NÃO ter saido da SUA Cabeça. Uma macaca-prego é Sua filhote espumavam Pela boca na Praça Pio Onze, no bairro do Jardim Botânico, Zona Sul do Rio. Isadora, Que Já Perdeu cachorro e Gato por envenenamento, logotipo pensou that O Filme se repetia. Porem, Veterinários Praticamente descartaram ESSA hipótese. ELES acreditam that Se trata de Uma Infecção viral semelhante à herpes, comeu MESMO POR Terem SIDO ACHADOS Outros macacos – e Até micos – com OS mesmos síntomas em Diversas Regiões da Cidade, tanto na Segunda jornal Última Quanto Nesta terça.

Ao todo, sete macacos-pregos e Quatro micos were encontrados. Destes, APENAS UM macaco (o filhote Achado POR Isadora) e Três micos sobreviveram. A maioria apareceu na Praça Pio Onze, mas TAMBÉM houve aqueles Que estavam em Cosme Velho, Tijuca, Quintino e Até MESMO em Outro local de fazer PRÓPRIO bairro do Jardim Botânico. Em Comum, Três Fatos: só havia Fêmeas; Todas apresentavam hum Quadro Neurológico that como deixava com pupila dilatada, tremendo e dificuldades de se mover; e morreram de hiperemia pulmonar (o Início de Uma Infecção pulmonar, that PODE Ser consequencia da herpes).

De according com o Médico Veterinário A e biólogo Que ESTÁ à frente dos Casos, Jeferson Pires, Responsável Pelo Centro de Recuperação de Fauna da Universidade Estácio de Sá, SÓ Sera Possível cravar O Que Realmente causou a morte dos animais when Sair o resultado dos Exames, embora Acredite Que Se trata de “Algum surto infeccioso”. O Veterinário ESTA, ágora, preocupado com a Conscientização das Pessoas. ELE Afirma Que, apesar da Boa Vontade de Quem Ajuda e lev sos animais Às Clínicas, o Recomendado E acionar a Patrulha Ambiental. Telefone: 1746

– O Que Mais preocupa E Que como PESSOAS, Numa Tentativa de Ajudar, pegam OS animais e levam à clínica. E Totalmente NÃO Recomendado Que façam ISSO. A Passar Doença PODE. À partir do Momento em Que pegam hum Desses animal, como PESSOAS se expõem a hum vírus OU Doença infecciosa. De: Não recomendamos Que Entrem em Contato de forma Alguma – enfatizou Pires.

Para o Veterinário, a Doença Que ESTÁ matando OS macacos PODE ter SIDO transmitida Pelo Ser Humano. Da MESMA forma, PODE Acontecer Uma Transmissão inversa: destes animais Para o homem. Embora NÃO Haja registro Disso, Diz Ele, “PODE Ser Extremamente sepultura se Acontecer”:

– Nosso herpes E Extremamente patogénico parágrafo enguias. E MUITO Comum como PESSOAS comerem uma banana e fornecerem parágrafo OS macacos DEPOIS, Por Exemplo. PODEM Estar contaminando sos animais.

IBAMA SE MANIFESTAÇÃO

Embora NÃO SEJA o Responsável Direto cabelo Caso, o Ibama se manifestou e fez coro Ao PEDIDO à População de that NÃO toque sas macacos. O Orgão afirmou federais nenhum comunicado EMITIDO that, parágrafo resgatar sos animais, é Preciso ENTRAR em Contato com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente. É Ela que Faz o Resgate, Por Meio da Patrulha Ambiental. Portanto, O Caso E de Responsabilidade municipal, e NÃO federal. A Retirada de animais Mortos, porem, E Feita Pela Comlurb, e NÃO Pela Secretaria, Como informou o Ibama na nota Abaixo:

“Um Princípio, foi descartado o envenenamento Como causa da morte dos macacos-pregos e micos-Estrelas registradas Nos Últimos dias no Rio de Janeiro. Os Exames AINDA estao Sendo Realizados cabelo Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS) da Universidade Estácio de Sá. Os Resultados Ate O momento apontam parágrafo hum surto infeccioso. O Ibama prossegue acompanhando o Caso e alerta a População parágrafo Evitar Contato com OS Primatas para Prevenir contaminações. A Orientação do Instituto de e Pará NÃO tocar Nos animais com síntomas de Doença. Pará micos resgatar UO Macacos Doentes UO Mortos, a População DEVE ENTRAR em Contato com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente. ” Telefone 1746

O CONTEXTO

O bairro Jardim Botânico, Onde apareceram a maioria dos Macacos, JA sofreu Mais de Uma Vez num Passado RECENTE com mortes de animais POR envenenamento. Os RELATOS Vao desde uma péssima Experiência sofrida Pela artista Isadora medella, Que Perdeu Dois animais de estimação, Ate O PRÓPRIO presidente da Associação de Moradores de Amigos do Bairro (AMAJB), Mauro Pacanowski, that afirmou que “ESSE MESMO caso” acontecido Já térios “Umas Duas UO Três vezes”.

– De vez em QUANDO ISSO Alguém resolve Fazer, Não Sei com qua Motivação. Já houve de gatos e de macacos – Afirma ELE, Que DEPOIS adota a cautela: – AINDA NÃO sabemos se foi envenenamento MESMO. Já acionamos Todas como autoridades that poderiam Ajudar, para Ver se TEM Algum indicio Que FAÇA Descobrir O Que Aconteceu. Precisamos dos Órgãos that conhecem OS animais parágrafo sabre O Que houve, Porque OS moradores estao Muito assustados. ESTAMOS PROCURANDO providências Tomar.

A Própria Isadora, cabelo Facebook, MESMA Rede em sociais that denunciou o Possível envenenamento dos Macacos, fez Outro comunicado com As Palavras do Médico Veterinário Jeferson Pires para quê, como PESSOAS NÃO toquem Nos animais, Diante da possibilidade de Ser Uma Infecção viral. “É importantíssimo centralizar Estes atendimentos Já that Desta forma conseguimos ter Uma Noção reais da Extensão da patogenia. Indico Que QUALQUÉR pessoa Que tenha entrado em Contato adquirir hum médico e fale Sobre O Que Aconteceu “, Ela reproduziu.

Já a veterinária médica Loide Machado, da Clínica Prosilvestres, parágrafo Onde Isadora Levou As Duas macacas that encontrou, informou that OS animais were direcionados PARA O Dr. Jeferson Pires e Que, MESMO COM a semelhança dos síntomas that Os Bichos apresentavam parágrafo hum envenenamento, era Preciso Fazer OS Exames, pois “o Mais provável E Que fosse Outra Coisa”.

– Os macacos TEM Uma série de Doenças Virais. Apesar dos síntomas Serem Muito compatíveis e de haver hum histórico Disso na Região (em that um sistema operacional encontrou artista), e Mais provável Que NÃO tenha SIDO envenenamento. As Duas Fêmeas were encaminhadas sem MESMO dia ao Centro de Pesquisas. Um filhote ESTÁ stable em Quarentena –

A Própria Isadora, cabelo Facebook, MESMA Rede em sociais that denunciou o Possível envenenamento dos Macacos, fez Outro comunicado com As Palavras do Médico Veterinário Jeferson Pires para quê, como PESSOAS NÃO toquem Nos animais, Diante da possibilidade de Ser Uma Infecção viral. “É importantíssimo centralizar Estes atendimentos Já that Desta forma conseguimos ter Uma Noção reais da Extensão da patogenia. Indico Que QUALQUÉR pessoa Que tenha entrado em Contato adquirir hum médico e fale Sobre O Que Aconteceu “, Ela reproduziu.

Já a veterinária médica Loide Machado, da Clínica Prosilvestres, parágrafo Onde Isadora Levou As Duas macacas that encontrou, informou that OS animais were direcionados PARA O Dr. Jeferson Pires e Que, MESMO COM a semelhança dos síntomas that Os Bichos apresentavam parágrafo hum envenenamento, era Preciso Fazer OS Exames, pois “o Mais provável E Que fosse Outra Coisa”.

– Os macacos TEM Uma série de Doenças Virais. Apesar dos síntomas Serem Muito compatíveis e de haver hum histórico Disso na Região (em that um sistema operacional encontrou artista), e Mais provável Que NÃO tenha SIDO envenenamento. As Duas Fêmeas were encaminhadas sem MESMO dia ao Centro de Pesquisas. Um filhote ESTÁ stable em Quarentena – afirmou ELA.

macaco

Fonte: http://oglobo.globo.com/rio/morte-de-primatas-intriga-veterinarios-moradores-do-jardim-botanico-20275575

Animal não é presente e nem muito menos brinquedo.

Dar animais de presente pode ser uma maneira de criar um problema para a cidade e para a vida que foi tratada como um objeto presenteável. Ninguém sabe dizer o número certo, mas é fato que depois de festas tradicionais como páscoa e natal, aumenta muito o número de animais abandonados nas clínicas, parques, ruas e abrigos. O mesmo acontece em todo o mundo: segundo a WSPA (Sociedade Mundial de Proteção Animal), mais da metade dos coelhos, cães e gatos adquiridos nesses períodos são abandonados. Em São Paulo são 25 mil cães e gatos recolhidos anualmente pelo Serviço de Controle de Zoonoses, dos quais apenas 1.200 conseguem um novo lar.

Pressionados pelas crianças muitos pais adquirem filhotes para dar de presente. Têm esperanças de que os animais ensinarão aos filhos a ter mais responsabilidades, afinal, o compromisso é sempre de que a criança vai incumbir-se de cuidar do animalzinho. A rotina do dia a dia, entretanto é diferente. Nem sempre a criança desempenha bem as tarefas, o filhote rói móveis e roupas, suja o tapete da sala e chora no meio da noite. Irritados, pais e mães logo se vêem na compulsão de “livrar-se do intruso”.

Os motivos para o abandono são vários: viagem de férias e ninguém para abrigar o animal, desistência do “brinquedo”, o trabalho gerado pelo animal, uma eventual deficiência física ou doença, problema de comportamento e outros. A primeira tentativa é de passar o problema para frente. Querem doar para o avô, o tio que tem chácara, o porteiro do prédio e, diante da total impossibilidade optam pelo abandono.

É sempre o mesmo artifício: à noite abandonam nas portas de faculdades ou de hospitais veterinários, nas clínicas, nos parques municipais ao amanhecer, ou mesmo à plena luz do sol, nas feiras e parques da cidade. Cometendo um crime ambiental federal e principalmente, um crime contra a vida do animal.

A maioria dos veterinários tem histórias para contar de ninhadas inteiras abandonadas na porta da clínica, o cãozinho com coleira preso na maçaneta, ou simplesmente largado no interior dos parques. Os cães, mesmo filhotes, tendem a seguir seus tutores (muitos acabam atropelados). Gatos também tendem a procurar o caminho de volta para casa, mas costumam morrer no caminho. Abandonados, os gatos crescem, procriam e adoecem, formando colônias em parques e ruas.

Vida não é brinquedo, animal não é presente!
A solução é a sociedade aderir à guarda responsável. Antes de adotar o animal, tem que conhecer suas necessidades, suas exigências e avaliar se realmente estão aptos a cuidar de um animal. Só depois de refletir com toda a família, analisando todos os aspectos da vida em comum, ir à busca do animal e, se for o caso, realizar a sua esterilização para evitar procriação.
Assim, como não se dá um bebê para alguém, também não se deve dar um animal de presente. Cuidar de um animal deve ser decisão da pessoa ou da família (no caso de uma criança), porque implica em responsabilidades prolongadas, além de gastos financeiros. Além disso, a adoção não deve ser motivada por data comemorativa ou desenvolver responsabilidade em crianças, mas pela decisão única e consciente de salvar uma vida e integrar um novo membro à família. E lembre-se, nunca compre um animal.

Não dê animais como brinquedos para as crianças, em data alguma.

Não dê animais como brinquedos para as crianças, em data alguma.

 

 

Fonte Texto: Ula.Animal

Fonte Foto: Coisas da Miroca