Os animais tem alma?

Os Animais tem alma?

Sim. Pelo menos é isto que a maioria das religiões relata – mesmo aquelas que parecem não ter nada a declarar, se você estiver disposto a procurar, certamente encontrará citações e até mesmo explicações para a existência da alma, não apenas para o homem, mas para todos os outros animais. Além do que, as religiões/doutrinas espiritualistas – aquelas que mais difundem a existência da alma em tudo o que tem vida – não estão sozinhas, muitos são os filósofos que já relatavam em tempos distantes sobre a existência da alma, além da própria ciência atual avançar a passos largos ao encontro da espiritualidade.

Antes de começarmos, entendamos o que é Alma. Segundo o dicionário Priberam, alma significa:[Religião] parte imortal do ser humano; pessoa, indivíduo; habitante; vida; consciência; espírito. Daqui já poderíamos questionar diversos aspectos, como por exemplo, segundo os significados, a morte realmente não existe, pois parte do ser humano é imortal ou esta parte na verdade é o todo, pois habitamos um corpo, sendo nossa verdadeira essência o espírito?

Alma nada mais é do que o espírito ligado ao corpo físico. Olhando-nos no espelho, podemos tocar nossos olhos, nariz, cabelos, boca, estes são atributos físicos que fazem parte do corpo que por um determinado período está sob nossos cuidados. Nós não somos aquilo que vemos no reflexo de um espelho qualquer, somos seres espirituais que necessitam neste estágio da evolução de um veículo: o corpo.

“Os animais dividem conosco o privilégio de terem uma alma!”
(Pitágoras)

Pois bem, podemos concordar neste ponto que os outros animais também possuem um corpo. Podemos citar os correlatos neurais entre os vertebrados, que independentemente da espécie, o modelo de sistema nervoso é o mesmo, apenas com algumas diferenças anatômicas. Hoje, apesar das diversas dúvidas que existem sobre o assunto, sabe-se sobre a relação entre a consciência humana e a estrutura e função do sistema humano nervoso, isto nos dá uma boa razão para acreditar que a nossa consciência está intimamamente relacionada à nossa fisiologia e anatomia. Então, por que não ter o mesmo raciocínio para com os outros animais, já que são possuidores de semelhantes estruturas encontradas no homem? Reflitamos: poderiam existir estruturas nervosas similares sem funções similares?

Segundo Dra. Irvênia Prada, médica veterinária e estudiosa do assunto tanto no âmbito científico quanto espiritual, alguns estudiosos admitem que os seres vivos têm, além do corpo físico, a manifestação da vida. Além do corpo físico e da vida, geralmente se considera para o ser humano, um terceiro elemento: o ANIMUS (alma, espírito, mente, psique).

Quando se fala de corpo e vida, parece de grande facilidade para o ser humano entender a semelhança entre homens e outros animais. Mas por algum motivo, talvez de ordem cultural e certamente com grande participação do componente religioso, sistematicamente as pessoas atribuem apenas a si, à sua espécie, a existência do terceiro elemento (animus), e sem nenhum questionamento (Prada, 2000).

Apesar de algumas religiões cristãs acreditarem na existência da alma nos animais não-humanos, acreditam também que quando eles morrem, sua forma individual deixa de existir, pois sua alma é infinitamente inferior se comparada a do homem. É a velha prática de tudo explicar-se pelo antropocentrismo.

“Os animais do mundo existem para seus próprios propósitos. Não foram feitos para os seres humanos, do mesmo modo que os negros não foram feitos para os brancos, nem as mulheres para os homens.”
(Alice Walker)

Interessante é ler a proclamação feita por Papa João Paulo II, de que “Os animais possuem uma alma e que os homens devem amar”, “(…)todos os animais são fruto da ação criativa do Espírito Santo e merecem respeito” e “eles estão tão próximos de Deus como estão os homem”.

O Espiritismo, doutrina cristã, explica, através de Allan Kardec (codificador do Espiritismo), que “Acreditar que Deus haja feito, seja o que for, e criado seres inteligentes, sem futuro, fora blasfemar de sua bondade, que se estende por sobre todas as suas criaturas”, diferentemente da maioria das religiões cristãs, a doutrina espírita acredita que os animais não-humanos, assim como os homens, estão em constante evolução, apenas em níveis diferentes. O Livro dos Espíritos (Kardec) em meados de 1857, já relatava sobre a alma dos animais.

A ciência caminha para entender a existência da alma, tanto em homens quanto em outros animais. As religiões, apesar das diferenças, concordam em um aspecto: os animais possuem sim alma e deve ser respeitada.

Será esse princípio (princípio independente da matéria nos animais – espírito) uma alma semelhante à do ser humano?

“É também uma alma (…).”
“Não há diferenças fundamentais entre o homem e os animais nas suas faculdades mentais. Os animais, como os homens, demonstram sentir prazer, dor, felicidade e sofrimento.”
(Charles Darwin)

Referências Bibliográficas :

KARDEC, A. O Livro dos Espíritos. Federação Espírita Brasileira, ed. 76ª, 1995.
PRADA, I. A Alma dos Animais. Editora Mantiqueira, 2º edição, 2000.
[GREEPET]. Algumas religiões e filosofias. Disponível em http://www.greepet.vet.br/protanimal.php. Acesso em 21/09/2011
[PRIBERAM]. Alma. Disponível em http://www.priberam.pt/dlpo/Default.aspx. Acesso em 21/09/2011

Anúncios

4 comentários em “Os animais tem alma?

  1. Pingback: In Co-op with Auras,Cores e Nùmeros : “The Mind of Animals” | Illuminations Now!!

  2. Nos só precisamos ama-los muito q e o q eles querem, a respeito da alma só sei dizer q a minha PIM se foi eu sinto um enorme vazio no meu coração.

    • Oi Branca,
      Fico feliz que tenha chegado ao LambidasAmigas.
      Criei o blog, qdo meu gato se foi de leucemia…fiquei tão triste, tão triste…que precisei entender o que acontecia com eles, qdo desencarnavam.
      A dor foi diminuíndo, a saudade ficou mais suave…
      E meu coração ficou mais acolhido, diante de tantas afirmações a respeito da espiritualidade dos pequeninos.
      Sinta-se acolhida aqui no blog, e receba meu enorme abraço.
      Com carinho,
      Ana Claudia.

      • Oi Branca,
        Fico feliz que tenha chegado ao LambidasAmigas.
        Criei o blog, qdo meu gato se foi de leucemia…fiquei tão triste, tão triste…que precisei entender o que acontecia com eles, qdo desencarnavam.
        A dor foi diminuindo, a saudade ficou mais suave…
        E meu coração ficou mais acolhido, diante de tantas afirmações a respeito da espiritualidade dos pequeninos.
        Sinta-se acolhida aqui no blog, e receba meu enorme abraço.
        Com carinho,
        Ana Claudia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s