Fantástico exibe matéria investigativa sobre abate de animais no Brasil.

A crueldade contra animais em matadouros legalizados exposta na TV

A edição do último domingo (10) do programa Fantástico, da Rede Globo, exibiu uma matéria especial investigativa sobre os matadouros de animais do Brasil. Os repórteres do programa visitaram 280 matadouros municipais e estaduais legalizados espalhados em 8 estados brasileiros.

A investigação, conduzida pelos repórteres Fabio Castro e Monica Marques, encontrou irregularidades em todos os estabelecimentos visitados. Animais morrendo com marretadas na cabeça em locais cheios de sangue e com funcionários sem qualquer equipamento de segurança foi a regra encontrada.

Cerca de 30% de toda a carne que vai para o prato das famílias brasileiras vêm de lugares assim. Além da crueldade evidente, a falta de higiene é um problema grave de saúde pública. A carne contaminada pode trazer doenças fatais. Cisticercose, teníase, listeriose, toxoplasmose e tuberculose estão entre as principais doenças que este tipo de produto traz a quem consome.

Cenas de animais morrendo em rede nacional e em horário nobre

A reportagem do Fantástico teve seu foco na falta de higiene e nos problemas que o consumo de carne pode trazer à saúde. Porém, a matéria mostrou imagens fortes de abate de animais em horário nobre na mais assistida emissora do país, o que, certamente, causou comoção em milhares – talvez milhões – de pessoas. É, provavelmente, a primeira vez que isso acontece.

Entre as muitas cenas que mais pareciam um filme de terror, o caso de um boi que se deitou no chão quando o funcionário o conduzia para o abate. Sem saber como levantar o animal, que estava claramente prevendo seu fim, o funcionário chuta e morde o rabo (!) do boi. Como não obteve sucesso, outro funcionário se aproxima com uma espingarda e executa o animal, que foi desmembrado e teve seus pedaços servidos em algumas mesas brasileiras.

Esta matéria foi útil para informar a população de que barbaridades acontecem em todos os matadouros. Não existe matadouro “mais humano”, todos eles são cruéis e sobrevivem do sangue, da dor e dos gritos dos animais em pânico.

É importante ressaltar que todos os estabelecimentos visitados são oficiais, legalizados. Não são locais clandestinos. É importante ter em mente que ⅓ da carne que você coloca no seu prato pode ter sido “processada” em locais como os da reportagem.

Na esfiha, no sanduíche, na salsicha, na sua geladeira e em seu restaurante favorito…

Não há como saber se a carne que você comprou para oferecer à sua família vem de lugares menos piores. É bem provável que a carne daquela lasanha ou pizza do supermercado seja de abatedouros legalizados que matam animais com marretas e cortam os corpos com machados. Nem as marcas mais famosas, que usam de muita publicidade na televisão, estão livres.

Assista à matéria | Fantástico

 

Se você também não concorda com a morte absolutamente desnecessária de animais, descubra o veganismo. Considere adotar uma filosofia de vida que traz paz à consciência e muito mais segurança alimentar à sua família. Viva sem matar animais: www.sejavegano.com.br.

 

Fonte: http://vista-se.com.br/redesocial/fantastico-exibe-materia-investigativa-sobre-abate-de-animais-no-brasil/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s