Alimentos que não deve dar ao seu gato.

Alimentos que não deve dar ao seu gato

 

 

 

Os gatos são carnívoros e possuem várias particularidades metabólicas (isto é da sua forma como “funcionam”) que os tornam dependentes de alguns nutrientes para que mantenham a sua saúde. Por exemplo, necessitam de taurina pois não a conseguem sintetizar.  A sua falta conduz a degenerescência da retina com possível cegueira e cardiomiopatia dilatada (doença do coração). Todas as rações comerciais têm no mínimo 0,01% de taurina na sua composição para prevenção destes problemas.

Felizmente a maioria dos gatos são muito criteriosos na escolha da comida e têm menos tendência que os cães a correr risco no que toca a ingestão de alimentos estranhos. Mas de qualquer forma existem casos de intoxicação.

Alguns alimentos provocam problemas de saúde ligeiros enquanto outros poderão causar a morte. Eis alguns que deve evitar:

  1. Bebidas alcoolicas– as consequências são óbvias.
  2. Espinhas de peixe– na minha prática clínica tenho assistido gatos que ficam com espinhas cravadas nas gengivas, no palato e na zona da faringe por vezes durante dias. Os gatos no tocante à manifestação de sintomas são por vezes discretos e poderá apenas não comer e ficar mais imóvel que o habitual.
  3. Atum em lata–  se bem que teóricamente possua as características de um alimento apropriado a um carnívoro como os gatos, o atum enlatado, quando dado com frequência, pode conduzir a deficiências vitaminicas e minerais.
  4. Chocolate, chá café– Contém o que se chama Xantinas (cafeína, teofilina e teobromina) que no caso dos humanos tem o efeito estimulante, mas no caso dos gatos esse efeito é muito amplificado pois têm muita dificuldade em metabolizar e eliminar esses princípios activos. O resultado final é um estado de super-excitação que pode resultar em morte.
  5. Ração para cão– enquanto os gatos são carnívoros puros, os cães não o são pelo que  rações de cão possuem menos proteínas e falta-lhes alguns nutrientes necessários aos gatos. A ingestão prolongada desta ração provoca deficits e desnutrição nos gatos. De igual forma os cães que ingerem ração de gato também adquirem problemas de saúde (vejaaqui o que os cães não devem ingerir).
  6. Aparas de gordura- provoca uma sobrecarga na digestão das gorduras que pode desencadear uma inflamação do pâncreas com resultado frequentemente fatal e de grande sofrimento.
  7. Uvas e passas- contém uma toxina de natureza desconhecida que provoca danos renais.
  8. Leite e seus derivados- os gatos adultos têm alguma dificuldade em digerir o leite devido a carência na enzima lactase que degrada a lactose. Isto causa diarreia quando ingerem leite. Existem gatos que só após beber uma grande quantidade é que desenvolvem diarreia enquanto outros a desnvolvem mesmo com uma pequena quantidade. Existe leite apropriado para gatos de várias marcas que não contém lactose e portanto podem ser dados sem limitações desta natureza.
  9. Cebola e alho- esta é uma das intoxicações inadvertidas com alimentos que mais verifico na minha prática clínica. Estes alimentos, mesmo quando incluidos em alimentos cozinhados tem um efeito tóxico devastador. Provoca danos nos glóbulos vermelhos que perdem a capacidade de transportar oxigénio e anemia. Os sintomas são as gengivas cinzentas arroxeadas ou pálidas e dispneia (falta de ar).
  10. Batata e folhas e pedúnculo do tomate– possuem oxalatos que perturbam o sistema nervoso e podem causar cálculos urinários.
  11. Ovos crus- potencialmente problemático devido à possível presença de Salmonella que provoca gastro-enterites severas. Também possuem uma substância de nome avidina que impede a absorção de biotina (uma vitamina do complexo B). Os ovos cozidos não possuem este perigo.
  12. Peixe cru- causa deficiência de Tiamina (Vitamina do complexo B) que pode provocar convulsões, perda de apetite e morte. Só ocorre se a ingestão de peixe cru for muito frequente.
  13. Peixe gordo (sardinha, cavala,etc)- o consumo em excesso de peixes gordos com gordura insaturada associado a carência de vitamina E provoca esteatite, uma doença caracterizada por inflamação do tecido adiposo. Os sintomas são nódulos dolorosos na gordura corporal, febre, falta de apetite. Em casos graves causa a morte. O velho adágio de que os gatos comem só peixe não é correcto. Evite dar exclusivamente peixe ao seu gato.
  14. Doces- pode provocar disturbios digestivos, obesidade e diabetes.
  15. Sal- Provoca desequilibrios electrolíticos com consequências cardíacas e renais.

Arquivado sobGatos

Fonte: Blog do Veterinário.

Anúncios

4 comentários em “Alimentos que não deve dar ao seu gato.

  1. Nossa!!! quantos pecados eu tenho cometido!!!
    1) Atum em lata. De vez em quando, mas o que vem em água. Eles adoram…
    2) Leite – eles adoram um pouquinho de leite de manhã. Não ficam sem. Me atormentam quando não dou…
    3) Ovo- o Cheng-Li adora ovo cru, batidinho. Ainda bem, nunca deu problema. Cozido ele não quer não… mas vou cortar.
    4) Requeijão, queijinhos brancos…. apesar de dar só um belisco, vou cortar!!! Obrigada!!!

  2. Oi Jane,
    Nós mães super protetoras pensando que estávamos abafando, né…

    Agora, “quandooo” dou atum light, dou uma lavadinha em água corrente, para sair bem o sal. O Ideal seria comprar o leite em latinha, na pet shop. Cortei também o requeijão…rs
    E ovo, nunca ofereci.

    Engraçado, pensei em vc ontem, estava sentindo sua falta aqui no blog. ❤
    Beijocas
    Ana Claudia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s