Gatinho fica preso em cacto, foge todo espetado e tem resgate dramático, EUA.

Foto: Reprodução/ ABC15

A curiosidade quase matou um gato no Arizonas, nos Estados Unidos. O animal, de cerca de um ano de idade, ficou preso em um cacto, nesta semana, dando início a uma operação de resgate dramática. Funcionários do AHS, Arizona Humane Society’s Emergency Animal (sociedade de apoio aos animais), receberam uma chamada sobre o gato ‘espetado’ numa avenida apropriadamente chamada de Estrada dos Cactos.

– Eu acho que um pássaro pode ter o atraído ele para lá. Eu acho que ele deve ter se divertido antes de perceber que estava nesta situação – disse Bretta Nelson, porta-voz da AHS, ao canal americano ABS15.

 

 

Foto: Reprodução de internet/ AZFamily

 

Antes das equipes de resgate chegarem ao local, no entanto, o gatinho conseguiu se libertar de alguma forma e fugiu, segundo o site AZ Family. Mas havia uma trilha de cactos e sangue pelo chão, e os paramédicos decidiram segui-la na esperança de localizar o gato ferido. Após minutos de busca angustiante, o animalzinho infeliz foi encontrado preso novamente, desta vez em uma cerca.

Todo espetado, o gato foi levado para o hospital do AHS, onde veterinários passaram mais de duas horas removendo cuidadosamente as pontas afiadas de seu focinho, pálpebras e boca. O felino, rebatizado de ‘Pete, o espinhoso’ pelos paramédicos, está tomando em medicamentos para a dor e antibióticos, para evitar infecções.

 

Foto: Reprodução/ ABC15

 

Funcionários do órgão estão agora tentando localizar o dono do gato. Caso ninguém o procure dentro dos próximos dias, e se o gatinho receber um atestado de saúde, ele será oferecido para adoção. Veja o vídeo com a história do gatinho.

 

O gatinho passa bem, mas ainda toma remédios para não ter infecções
O gatinho passa bem, mas ainda toma remédios para não ter infecções Foto: Reprodução/ AZFamily

 

A história de ‘Pete, o espinhoso’ lembra o caso de um filhote de cachorro que foi encontrado preso a um cacto, também no Arizona, no início deste ano. A AHS não conseguiu encontrar o dono do cão e teve que realizar um sorteio para sua adoção, pois muitas pessoas ficaram interessadas em lhe dar um novo lar.

 

Foto: Reprodução de internet/Daily Mail

 

Fonte: G1.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s