Mogi das Cruzes contará com unidade móvel para castração de animais.

 

Para agilizar o trabalho de castração de cães e gatos, a Prefeitura de Mogi das Cruzes irá contar com o reforço de uma Unidade Móvel de Esterilização e Educação em Saúde, que deverá ser utilizada em mutirões em diversos bairros do município. O processo de compra para aquisição do trailer foi finalizado no final da semana passada e a empresa vencedora foi Anhanguera Indústria e Comércio de Trailers Ltda.

A aquisição do novo equipamento faz parte de uma série de ações desenvolvidas pela atual administração na área de proteção e bem-estar animal. Sua principal proposta é visitar os bairros para fazer as castrações e orientar a população sobre posse responsável. “Algumas pessoas não têm condições de levar seu animal de estimação até o Centro de Controle de Zoonoses, que fica na Estrada de Santa Catarina. Por outro lado, também tínhamos dificuldade em ir até os bairros com toda a estrutura necessária para o procedimento”, explica o secretário municipal de Saúde, Paulo Villas Bôas de Carvalho.

O trailer da Unidade Móvel de Esterilização terá estrutura de alumínio e espaços específicos como sala de tricotomia (retirada de pelos na área de intervenção), sala de cirurgia e sala pós-cirúrgica totalmente equipados com macas, mesas e demais equipamentos necessários para a realização dos procedimentos cirúrgicos. “A fase atual é de adequação, por parte da empresa, às exigências da Resolução nº 2.111 do Conselho de Medicina Veterinária”, explica a diretora do Departamento Municipal de Vigilância em Saúde, Sylvia Maria Abrantes Gomes. O investimento na aquisição do equipamento está estimado em torno de R$ 140 mil.

HISTÓRICO – Desde o início de 2011, quando foi implantada a Câmara Técnica de Proteção e Bem Estar Animal, Mogi das Cruzes vem criando novas políticas públicas voltadas para a posse responsável e o bem estar dos animais. Além da aquisição de uma unidade para as castrações itinerantes, outra novidade é a elaboração do Código Municipal de Defesa e Bem Estar Animal. O anteprojeto foi elaborado por técnicos da Secretaria Municipal de Saúde, passou pela análise da Câmara Técnica de Proteção e Bem Estar Animal, formada por representantes de diferentes segmentos do poder público e sociedade civil, tramitou em diferentes setores da Administração Municipal e foi encaminhado à Câmara Municipal.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s