Detetives particulares ajudam na busca de cães perdidos

A foto foi divulgada na internet. Teve cartaz colado no muro. E o coração angustiado.

Camila e Marília saem pelas ruas da Grande São Paulo sem rumo certo e sem pista alguma. Procuram por Britney e Sacha que sumiram de casa, as duas, na terça-feira (29).

E se já é difícil encontrar o cachorro que sai sozinho de casa. Imagina então quando o animal é levado por ladrões?

Felipe tem só 3 anos, mas já entende o desespero da avó. “A vovó chora porque ela quer a Denguinha e o Dengo”, conta o menino.

Dona Abigail sonhava em ter cachorros desde criança. Juntou dinheiro por 18 anos, até conseguir comprar o Dengo e a Denguinha, da raça pug. Só que para o sofrimento dela e da família, os dois foram levados por assaltantes em abril.

“Será ele está vivo, será que ele está morto, será que ele está bem, será que ele está doente?”, questiona Abigail.

Drama parecido vive Juliana, o marido e o pai dela. Juliana está grávida de 7 meses e tem Meg há 12 anos. “Eu me sinto até culpada. Porque todo mundo fala que eu estou fazendo muito mal para o meu bebê, porque eu estou muito triste, muito angustiada, eu estou muito nervosa. E é horrível, porque eu não consigo controlar”, conta.

E da casa da Dona Marta, os ladrões não quiseram levar nada além da Mel, de 2 anos, também da raça pug.

“Para poder cruzar a Mel e ganhar dinheiro. Eu creio isso. Ou talvez uma pessoa que gostasse muito dessa raça e não pudesse comprar e resolveu chegar aqui e levar”, diz a aposentada Marta Pretto.

Os três roubos aconteceram em Sorocaba, interior de São Paulo. Como o sumiço de animais é considerado roubo comum, o chefe dos investigadores da Delegacia de Proteção aos Animais não sabe quantos casos há na cidade. Mas confirma que o interesse dos ladrões por cachorros aumentou.

“Eu acredito que as raças pequenas sejam alvo mais vulnerável e mais interessante para os criminosos, porque é um comércio mais fácil. As raças maiores e as raças um pouco mais ferozes aí é mais difícil”, afirma Marcio Ribeiro da Rocha.

Sorocaba não é a única cidade onde cães viraram alvo. Essa semana, em São Paulo, dois casos chamaram a atenção.

Com a ajuda da polícia, três cachorros roubados voltaram para seus donos. Zeca, para Cristiano. “É que nem estar encontrando um filho de novo”, diz o dono.

Taty e Nicole, para Adriana. “Coração vai a mil. Você não pensa em mais nada. Só quer abraçar e dar muito beijo, muito carinho e vê se não fizeram nenhum mal”, diz Adriana. .

A polícia ajudou os cachorros roubados a voltar para casa. Mas claro que não faz parte do trabalho policial ir atrás de bichinhos que se perdem, como o que aconteceu com as cachorrinhas da Marilia e da Camila. Pra casos assim, existem detetives particulares.

Edmar procura animais perdidos há três anos. Cobra cerca de R$ 3 mil por cãozinho e diz que já encontrou dez. “O animal, eu costumo dizer, ele não vai longe. Quando ele vai, é porque alguém carregou. Então ele está sempre próximo da residência”, explica Edmar.

No escritório dele em Brasília guarda a foto dos animais que já achou. Diz que depois de 30 dias é muito difícil reencontrar um cão perdido. “Na rua ele fica meio arredio. Mas qualquer pessoa que chegar com um pedaço de carne consegue pegar o seu animal”, diz.

Lutando contra o tempo, Marília e Camila não desistem da busca por Sacha e Britney.

Depois de horas de caminhada, Marília encontra uma pista. “Ligaram agora, parece que ela passou em frente ao pet shop”, avisa.

Enquanto Marília corre para tentar encontrar Sacha, Camila busca por Britney no Centro de Controle de Zoonoses. Primeiro, o funcionário olha os registro dos animais recolhidos da rua.

“O plantão não removeu, mas como a gente pede para todo mundo, por desencargo de consciência, dar uma olhada nos canis”, explica o responsável.

Mas a cadela dela não estava lá. Marilia comemora ao encontrar Sacha. Camila, mesmo no meio de tantos anúncios de cachorros perdidos, não desanima: “Eu não vou parar até ter ela de volta”, diz.

Fonte:http://fantastico.globo.com/Jornalismo/FANT/0,,MUL1680758-15605,00-DETETIVES+PARTICULARES+AJUDAM+NA+BUSCA+DE+CAES+PERDIDOS.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s