OS BENEFÍCIOS DA ABÓBORA PARA CÃES E GATOS.

A abóbora é um superalimento para cães. Ela fornece vitaminas, minerais e fibras, e pode ajudar a controlar problemas digestivos. Elas devem estar frescas e sempre muito bem lavadas.
 A abóbora dada numa pequena dose diária, ajuda a manter o sistema imunológico do animal forte, uma alternativa barata e boa para armazenar vitamina C. Uma xícara da fruta contém pelo menos 11mg de vitamina presente fornecendo ao seu animal de estimação antioxidantes e suporte ao sistema imunológico de que necessita para se manter saudável. Não se apresse para descartar as sementes de abóbora. Eles são uma boa fonte de ácidos graxos ômega 3 que possuem efeitos anti-inflamatórios. Estas devem ser dadas com moderação, já que, o alto teor de gordura das sementes podem resultar em fezes moles.
Pode não parecer lógico que a abóbora pode tratar ambas as evacuações ,tanto a muito líquida, bem como a muito dura e seca. Mas é graças a grande quantidade de fibras que ajuda a torna-las ‘regular’.
A diarreia é geralmente resultado de má-absorção de  água no cólon (a última parte do trato intestinal), ou por causa de trânsito demasiado rápida através dos intestinos, ou por causa de alguma atividade tóxica, ou secreção no próprio aparelho. Acrescentar fibra na digestão pode ajudar diretamente na formação de fezes mais sólidos e também diminuindo a passagem de resíduos através do cólon, permitindo mais tempo para a  absorção da água  .Assim, a abóbora adicionado na dieta pode ajudar no tratamento de fezes moles em nossos animais de estimação.
A constipação é muitas vezes devido à passagem demasiado lento de material através do cólon,  resultando em resíduo seco, duro e de difícil passagem das fezes. Fibra adicional na dieta vai manter parte da umidade a ser reabsorvida pelo cólon. Até mesmo animais de estimação que não estão constipados, mas tem um intestino lento, ou têm algum incomodo perianal depois de evacuar, podem se beneficiar da adição de abóbora em suas dietas. 

Benefícios para a saúde de cães e gatos:
1) Saúde Digestiva: Abóbora é uma fonte fabulosa de fibra para nossos amigos peludos, assim como para nós. Abóbora deve ser servida na forma de purê (sem adição de açúcar ou de especiarias). Ela tanto pode ajudar cães e gatos com a constipação como com a diarreia. Adicionando uma pequena porção na sua refeição diária, é suficiente para mantê-los regular. Ela também pode ajudar cães e gatos com indigestão ou problemas estomacais.
2) Saúde urinária: De acordo com os veterinários Laci e Jed Schaible, co-fundadores da VetLive.com , sementes de abóbora são ricas em ácidos graxos essenciais e antioxidantes (bons para a pele saudável em geral e de pelos), e os óleos na carne e sementes, ajudam a saúde urinária.
3) Prevenção do câncer: Elas também são uma excelente fonte de vitamina A, o betacaroteno, potássio e ferro, e pode até mesmo reduzir a probabilidade de seu animal de estimação vir a desenvolver câncer.
Anúncios

Zoológico do Rio vai virar bioparque com bichos soltos e visitantes circulando por túneis e corredores

Obra vai durar dois anos e consumir R$ 65 milhões. Visitante poderá até navegar por rio artificial.

Por Alba Valéria Mendonça, G1 Rio, Rio de Janeiro

 

Jardim Zoológico do Rio vai ganhar cara nova e vai se transformar num bioparque. Ou seja, os animais vão circular por recintos livres de grades e com integração entre espécies, enquanto os visitantes circularão por túneis corredores e passarelas. E para esta reformulação foi programada uma demolição simbólica para esta terça-feira (5), para dar início às reformas.

Segundo representantes do Grupo Cataratas – que administra o zoo –, será adotado o conceito de enclausuramento inverso, quando animais são integrados ao ambiente e há o uso de barreiras naturais.

Por causa das obras, que devem durar dois anos, com previsão de custo de R$ 65 milhões, o zoo vai funcionar parcialmente. Ou seja, somente de sexta a domingo e nos feriados.

Ilustração mostra uma das novas atrações do Zoo Rio (Foto: Divulgação)Ilustração mostra uma das novas atrações do Zoo Rio (Foto: Divulgação)

Ilustração mostra uma das novas atrações do Zoo Rio (Foto: Divulgação)

O novo zoo prevê a construção de seis grandes biosferas que representarão ecossistemas, como Floresta Tropical, Savana Africana e Biosfera das Aves. Toda ambientação se aproximará ao máximo dos habitats naturais das espécies.

No novo projeto, o passeio começa pela Biosfera das Aves, um grande viveiro com cerca de três mil metros quadrados, que reunirá mais de cem espécies, divididas em três biomas: Mata Atlântica, Pantanal e Psitacídeos. Para os visitantes mais aventureiros, há também a opção de um circuito de arvorismo.

Seguindo o trajeto, o visitante chega à Biosfera dos Répteis e Insetos, ambientes com rica vegetação onde se veem tartarugas, cobras e jacarés.

Felinos e caninos ganham muito mais espaço numa biosfera inteira dedicada a eles, onde o visitante é que ficará enclausurado observando tigres e leões através de grandes túneis de vidro.

Público vai alimentar girafas

Os maiores animais terrestres poderão ser observados nadando em grandes tanques cujo acesso se dará por mirantes e por meio de túneis e aquários de acrílico na Biosfera dos Elefantes. O espaço terá quedas d’água, além de passarelas com visão 360 graus para o público. Ursos e animais marinhos também terão suas biosferas, com lagos e tanques transparentes.

A Fazendinha continuará sendo um local de educação, onde as crianças terão contato próximo com os animais. Na área de Savana, que substituirá a atual Passarela da Fauna, o público poderá participar de um safári cujo percurso é feito em um rio artificial com 400 metros de extensão percorrido por barcos. Esse bioma terá espécies como zebras, gnus e girafas — que poderão ser alimentadas pelos visitantes.

Fonte: G1

Medo, ansiedade, estresse dos animais e o Reiki.

Recentemente realizei uma pesquisa na internet sobre como principais dificuldades, desequilíbrios que os animais e os tutores tiveram ou não têm o efeito Reiki, ThetaHealing e Florais.

1 – Medo

2 – Ansiedade

3 – Estresse

Essas 3 ligações normais parecem mais de 50% dos desequilíbrios citados.

O que é que sinto erros e desafios dos tutores, o padrão e as respostas foram muito parecidas.

Já percebi muito tempo um padrão de desequilíbrios muito semelhantes entre os humanos e os animais que cuidavam e conviviam, como um espelho e essas respostas demonstravam isso também.

Inclusive já está aqui textos escritos:  Os nossos clientes absorvem nossa energia e adoecem?

Dentro do Sistema Energético dos Chakras , o medo, a ansiedade eo estresse desequilibram principalmente os 3 chacras: básico, sexual (também chamado de umbilical) e plexo solar.

Chakra Básico também é responsável por todas as questões relacionadas à vivência sem plano físico, vitalidade e energização como glândulas supra-renais.

Chakra Sexual (umbilical) está relacionado a sexualidade, criatividade, emoções, aspectos inconscientes e energizar testículos e ovários.

Chakra do Plexo Solar está ligado a questões mentais, conscientes, é uma nossa estimativa, recebe a segurança ou a insegurança e está ligado a questões mentais, está ligado a uma análise e procura controlar as situações.

Fisicamente, os sintomas do desequilíbrio dos 3 chacras, decorrente dos padrões de medo, ansiedade e estresse são o aumento da adrenalina / cortisol, dores nas costas, articulações, músculos e problemas / desequilíbrios nos rins, intestinos, bexiga, ovários, útero, estômago, pâncreas, fígado e baço.

O que é que é realmente parte da ação, até mesmo física do Reiki se deve justamente por essa origem energética.

Quando os equilíbrios são facilitados para que o animal ou os músculos dos seus próprios parâmetros emocionais, mentais, espirituais, assim como o desafio e os sintomas emocionais também.

E interessante Notar Que Já não Nível 1 de hum curso de Reiki , AO aplicar Reiki em hum animal, Já se Percebe Uma grande Mudança e melhora DELE e Que QUALQUÉR hum PODE Aprender e Fazer Reiki.

Eu descobri Reiki faz 15 anos e depois usa as mais variadas situações, como veterinário, terapeuta de pessoas como para questões pessoais e auto-conhecimento.

Que o Reiki possa auxiliar no processo de cura dos animais e de seus tutores.

Ah! Você já baixou o seu livro: Chakra dos Cães e Gatos, uma nova visão sobre a saúde e o desequilíbrio?

Para baixar é o seguinte: baixar ebook Chakra dos Cães e Gatos

Abraços

Ricardo Garé

Instrutor e terapeuta de ThetaHealing, Mestre em Reiki, Terapeuta Floral e Veterinário Holístico

www.reikiveterinario.com.br

www.facebook.com/ReikiVeterinario

www.facebook.com/PlenitudeTheta

Meditação guiada de cura para você e seu animal.

Olá!

Hoje trago uma meditação com uma finalidade de equilíbrio emocional, mental, físico e espiritual para você fazer com você e com seu animal!

Você pode estar aqui e fora, em outro local da sua casa, quando você estiver em um lugar mais ativo e mais forte que estiver conectado.

Em termos de consciência e energia, não há longa e nem separação. =)

Ah! Lembrando que nunca prendê-lo para fazer essas práticas. Deixe uma vontade, como eu já falei aqui .

Tem 3 opções para você fazer uma meditação guiada de cura.

Por vídeo, por áudio ou por download e por qualquer lugar e dispositivo se preferir.

Para acessar, você pode clicar, no e-mail, e cadastrar-se em 3 opções em seu email.

Receber Meditação Guiada de Cura – eu e meu animal

Lembre-se de ver na caixa de spam, caso pare lá.

Assim que me faz fala o que você achou! =)

Estou recebendo seus amigos lindos e amigos como eles e seus animais estão melhores!

Abraços!

Ricardo Garé

Instrutor e terapeuta de ThetaHealing, Mestre em Reiki, Terapeuta Floral e Veterinário Holístico.

http://www.reikiveterinario.com.br

Prefeitura de SP proíbe soltar fogos de artifício barulhentos na cidade

Multa para quem descumprir nova lei será de R$ 2 mil e terá o valor dobrado em caso de reincidência em menos de 30 dias.

Fogos de artifício na virada de ano no Réveillon na Avenida Paulista (Foto: Dario Oliveira/Estadão Conteúdo)Fogos de artifício na virada de ano no Réveillon na Avenida Paulista (Foto: Dario Oliveira/Estadão Conteúdo)

Fogos de artifício na virada de ano no Réveillon na Avenida Paulista (Foto: Dario Oliveira/Estadão Conteúdo).

O prefeito Bruno Covas (PSDB) sancionou na manhã desta quarta-eira (23) o projeto de lei que proíbe soltar fogos de artifício barulhentos dentro do município de São Paulo. O texto será publicdo no Diário Oficial desta quinta-feira (24).

Também fica proibida a fabricação e uso de quaisquer artefatos piotécnicos com efeito sonoro ruidoso. Em caso de descumprimento, a multa prevista é de R$ 2 mil. O valor da multa será dobrado na pimeira reincidência e quadruplicado a partir da segunda nas infrações cometidas dentro de um período inferior a 30 dias.

“O que se espera é uma conscientização da população para os problemas provocados pelo barulho dos fogos. É algo que atinge idosos, bebês, além dos animais. As pessoas com autismo têm muitas dificuldades. Com barulho intenso precisam de acompanhamento”, afirmou o vereador Reginaldo Tripoli (PV), um dos autores da lei.

Inicialmente, o vereador havia informado ao G1 que também estaria proibida a fabricação e a comercialização dos fogos na capital, no entanto o prefeito Bruno Covas sancinou um texto substitutivo que barra apenas a soltura dos fogos.

Normalmente os animais, especialmente os cães e gatos, são os mais afetados porque possuem a audição mais aguçada que a dos humanos e, consequentemente, são mais sensíveis ao barulho.

“No caso dos animais, no desespero, há risco de atropelamentos. Muitos, quando estão sozinhos podem se ferir. Os fogos causam transtornos para muitos cidadãos. Por isso a necessidade de uma conscientização. Os luminosos, com baixa emissão de som, continuam permitidos”, ressaltou Tripoli.

O texto é de autoria dos vereadores Reginaldo Tripoli (PV) e Mario Covas Neto (Podemos). O projeto foi aprovado pelos vereadores em segunda votação, na Câmara Municipal, no dia 3 de maio.

Os fogos com efeitos visuais, sem estampido, continuam permitidos, assim como aqueles que produzem barulho de baixa intensidade. A lei vale para recintos abertos e fechados, públicos ou particulares, em toda a capital paulista.

Fonte G1.

HOSPITAL POPULAR VETERINÁRIO INAUGURA FILIAL NA BARRA DA TIJUCA.

O Hospital Popular Veterinário inaugura a sua filial na Barra da Tijuca, no próximo dia 17 de maio, quinta-feira, às 10h! De acordo com o CEO do Hospital, Brunno Galvão, o objetivo é permitir a população o acesso à medicina veterinária de qualidade, por meio de uma infraestrutura completa. Para isso, o Hospital oferece exames e consultas com especialistas nas áreas de dermatologia, neurologia, endocrinologia, odontologia, oftalmologia, fisiatria, oncologia, cardiologia, ortopedia e atendimento a animais silvestres como pássaros, répteis e porco da índia, além de exames de imagem como ultrassonografia, raio x digital, eletrocardiograma e ecocardiograma, bem como exames laboratoriais completos.

A consulta clínica é R$ 45, o que equivale a 80% mais barato do que o preço praticado na região. A partir de junho, o Hospital também contará com centro cirúrgico e internação com monitoramento 24h.

Esta é a terceira unidade do HPMV, que também está localizado nos bairros de Padre Miguel e Campo Grande. Nos últimos 2 anos foram 25 mil atendimentos e a expectativa é alcançar 40 mil atendimentos no fim deste ano e ter 10 unidades implantadas no Rio de Janeiro até o fim de 2019. Ao todo, já foram realizados mais de 1 mil cirurgias, mais de 5 mil exames de raio x e mais de 7 mil exames laboratoriais. O mais novo hospital popular está localizado na Avenida Ayrton Senna, 4701, no Station Mall, na Barra da Tijuca. Mais informações pelo site: www.hospitalpopularveterinario.com.br

Donos de animais de estimação enlutados levam flores e velas em crematório A partir de 2018, animais terão data própria para homenagens de donos enlutados; Dia da Memória Pet foi aprovado pelo Governo de São Paulo.

O Crematório Pet Memorial recebeu os donos enlutados que perderam seus animais de estimação e querem relembrar sua memória. O assunto agora ganha cada vez mais importância, com a aprovação no último dia 17 de outubro da lei que institui o Dia da Memória Pet, em São Paulo.

Primeiro e maior crematório de animais de estimação da América Latina, o Pet Memorial tem promovido a data todos os anos. “É um importante momento de conscientização sobre a importância dos animais de estimação em nossas vidas”, diz Evans Edelstein, diretor do Pet Memorial.

Segundo Joelma Ruiz, psicóloga especialista em luto e consultora do Pet Memorial, a proposta é ajudar as pessoas a aprenderem a lidar com o luto, algo que ainda não é bem aceito quando se trata de animais. A programação inclui acompanhamento psicológico em terapia de grupo e visitas guiadas com as pessoas que quiserem prestar homenagens com flores, ascender velas ou fazer orações. O espaço conta também com capela ecumênica para receber os interessados.

A dentista Andréa Cristina de Souza, juntamente com a mãe, Alice de Souza, foi até o Pet Memorial com a urna que guarda as cinzas de Dogde, para levar flores e velas na capela onde ocorreu a despedida do poodle, cremado em janeiro de 2016. aos 17 anos.

“Resolvemos cremá-lo e minha mãe guarda as cinzas em casa. Minha mãe que antes queria um enterro tradicional agora quer ser cremada, para que as cinzas dela se misturem com a dele e seja jogada no mar”, completa.

“Eu e mãe também vamos na igreja São Franscisco de Assis todos os últimos domingos do mês para rezar pelo nosso ‘cãopanheiro’. Todos os dias, às 18h, minha mãe reza por ele olhando para uma estrelinha que acreditamos ser ele olhando por nós aqui”, relembra com emoção.

Finados Pet

Além das homenagens no Dia de Finados, a partir do ano que vem os peludos terão uma data própria. No último dia 17 de outubro, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, sancionou a lei que institui o “Dia da Memória Pet”, no segundo domingo de setembro. O projeto é baseado no “Pet Memorial Day”, que já existe há mais de 40 anos nos EUA e na Europa.

A ideia é replicar aqui o que já é feito lá fora: visitas aos locais prediletos dos pets levando seus brinquedos, plantio de árvores e “scrapbooks” criados com fotos dos melhores momentos dos animais para divulgação nas redes sociais. Na data também são feitas visitas a ONGs, ações contra o abandono de animais e campanhas de adoção.

“Promovendo melhores condições para outros animais, os tutores têm uma sensação de gratidão por terem feito algo por uma boa causa”, acredita Evans Edelstein, diretor do Pet Memorial.

Segundo Joelma Ruiz, psicóloga especialista em luto, a data é importante para reconhecer essa dor.

“A ideia é ajudar a sociedade a validar esse sofrimento”, explica. “O luto pela perda de animais ainda não é reconhecida pela sociedade, porque a gente não tem regras e normas para esse sentimento. No mesmo dia em que a pessoa perde o animal ela precisa voltar para a sua rotina”, ressalta Joelma.

A lei é de autoria do deputado Paulo Correa Jr, presidente do Partido Ecológico Nacional (PEN), e foi incluída no calendário oficial do Estado dada ao ‘tamanho da importância e da relevância que os animais de estimação têm, não só para as pessoas, mas para a economia. “Agora teremos uma data especial para lembrar os pets e celebrar a memória de seus animais queridos”, justifica.

“A data pode fazer toda a diferença no processo de cura do luto. Ter uma data exclusiva para os animais pode facilitar o processo do luto, pois quando compartilhamos o sofrimento, temos mais condições de passar por esse processo”, finaliza Evans.

 

Fonte: http://www.assiscity.com

 

Cirurgia Espiritual em Animais, RJ. Presencial e a Distância.

LEIA COM ATENÇÃO!

Animal com doença infectocontagiosa, deverá realizar cirurgia a distância.

O animal que for realizar a cirurgia presencial:

* Deverá apresentar a carteira de vacinação em dia.
* Permanecer na guia
* Usar focinheira quando caso exista a possibilidade de estranhar pessoas ou animais.
* Estar de banho tomado.
Essas são medidas importantes para a manutenção de um ambiente saudável para todos.
Traga uma garrafa de água para ser fluidificada e usada durante todo o tratamento.

O atendimento é realizado por ordem de chegada!

www.neamoficial.com.br


Câmara aprova controle de natalidade de cães e gatos por esterilização.

Autor de projeto diz que objetivo é evitar sacrifício de animais saudáveis. Texto já havia sido aprovado pelo Senado e segue para sanção do presidente Michel Temer.

 A câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (7) projeto de lei que cria a política de controle de natalidade de cães e gatos por meio da esterilização, que pode ser cirúrgica ou seguir outro procedimento, desde que seja garantido o bem-estar do animal.

O projeto já havia sido aprovado pelo Senado e agora segue para sanção do presidente Michel Temer.

De autoria do ex-deputado Affonso Camargo (PSDB-PR), o projeto começou a tramitar em 2003. Na justificativa, Camargo disse que a medida tem como objetivo eliminar o extermínio de cães e gatos saudáveis sob a argumentação do controle de natalidade.

“Ao manter o extermínio de cães e gatos saudáveis, o poder público está praticando uma equivocada e ultrapassada política de saúde pública que ainda segue as recomendações do 6º Informe Técnico da Organização Mundial de Saúde, datado de 1973 e em desuso na maior parte do mundo, que consistem na captura e sacrifício de animais errantes como método de controle populacional”, escreveu o deputado.

O que diz o projeto

Pela proposta aprovada pela Câmara, o programa de esterilização de animais será permanente e deverá levar em conta a superpopulação de cães e gatos ou o quadro epidemiológico existente em cada localidade. O atendimento será prioritário para os animais localizados em comunidades de baixa renda.

As unidades de controle de zoonoses que não puderem executar o programa de esterilização poderão atuar em parceria com entidades de proteção aos animais e clínicas veterinárias legalmente estabelecidas.

Os recursos para implementar o programa de natalidade virão da Seguridade Social da União, com contrapartida dos municípios de pelo menos 10% dos custos.